Em conversas sobre o sono, nós tendemos a usar os termos cansado e sonolento como sinônimos, mas na realidade eles sinalizam coisas muito diferentes e é importante ser capaz de entender a diferença entre eles.

Uma pessoa pode sentir-se extremamente cansada, mas, na verdade, não estar pronta para dormir. Assim como uma pessoa pode estar sonolenta e não conseguir descansar.

Sentindo-se sonolento, por outro lado, é estímulo cerebral para o sono, que prediz que o sono está prestes a ocorrer. Então, como você pode dizer se você realmente está com sono ou se você está cansado? Sinais, tais como coceira nos olhos, falta de energia, dores musculares, bocejos e uma tendência a cochilar são alguns dos sinais a observar.

Não consigo dormir a noite: cansaço x sonolência

Sabendo agora essas diferenças, podemos afirmar que a maior parte dos casos de pessoas que não conseguem dormir à noite são de indivíduos que estão cansados, mas não com sono. É fácil confundir. O problema principal do cansaço é que ele pode atrapalhar seu sono ao invés de ajudar. Ele pode ser tão grande que seu corpo não consegue relaxar para o sono, e aí você terá dificuldades para dormir.

Mas, como todo problema de saúde, há sempre soluções.

Identificando problemas de sono

Se você não consegue dormir à noite, é bom identificar as causas dessa insônia para começar um tratamento de choque ao problema. (Foto: Today I Found Out)

Ir para a cama sem ter experimentado os sinais de sono podem tornar menos provável que você vá conseguir dormir rapidamente, e mais provável que você vá ficar deitado acordado, pensando em como você não é capaz de dormir. As causas e suas soluções são simples de identificar.

Não consigo dormir direito de tanto pensar

A mente ativa é muito comum em quem dorme mal. Na verdade, pesquisas revelam que esta talvez seja a causa mais frequente de insônia. Se você está pensando sobre eventos passados ou futuros, ou mesmo coisas triviais que possuam pouca importância, os pensamentos persistentes pode, ser suficientes para manter uma pessoa cansada e sem sono. Quanto mais o seu pensamentos correm, mais alerta você se torna, mesmo que se sinta extremamente cansado.

Há algumas soluções a tentar: meditação, para esvaziar a mente; ler um livro, para ocupar a mente com algo trivial; escrever suas ideias em um caderno antes de ir pra cama em algo como um diário; um chá de camomila ou flor de maracujá para relaxar o corpo. As soluções são muitas para acalmar a mente, e você tem que testá-las para encontrar uma que funcione melhor.

Não consigo dormir: o que fazer com o corpo que não desliga?

Não é apenas seus pensamentos que podem impedi-lo de cair no sono. Se exercitar pouco antes de ir para a cama ou ingerir estimulantes também podem impedir a sonolência de aparecer.

Enquanto exercícios foram mostrados responsáveis por melhorar a qualidade do sono, o exercício aeróbico intenso muito perto da hora de dormir pode realmente aumentar a sua energia, tornando mais difícil de conseguir dormir. Efeitos semelhantes podem ser causados por estimulantes como a cafeína, a nicotina, e até o álcool. Drogas ilícitas estimulantes e certos medicamentos podem tornar mais difícil de reduzir a excitação e iniciar o sono. O consumo de cafeína, em particular, tem sido demonstrado como responsável por atrasar o tempo que se demora para cair no sono.

A solução é parar com exercícios pelo menos 2 horas antes da hora de dormir, e não tomar estimulantes pelo mesmo tempo. Cortar a nicotina também é uma boa, porque ela permanecerá no organismo por mais tempo.

Nao consigo dormir de ansiedade: o que fazer?

A chave é manter atividades e hábitos que você achar relaxante e ajudar a reduzir o excesso de excitação, permitindo o sono para superar o estado de vigília. Pessoas com problemas de sono, muitas vezes tem dificuldade em relaxar e se deixar levar.

A ansiedade é uma grande inimiga do sono porque você vai querer dormir e não vai conseguir. Ela vai se alimentando de si mesma, pois quanto mais você quer dormir, mais ansioso você fica. Outros fatores do seu dia a dia podem colaborar ainda mais para a ansiedade.

É muito importante, portanto, que você aprenda a deixar isso acontecer e não tentar forçar a barra. Diferentes pessoas encontram diferentes atividades de relaxamento de forma experimental, e você tem que encontrar o que funciona para você, com paciência. Comece pelas atividades de relaxamento que sugerimos para mentes ativas, e vá testando outras atividades a partir daí.

E claro, se seu sono está muito difícil de chegar, a solução é procurar profissionais para te ajudar, principalmente um psicólogo. Mas não qualquer um.

Terapia cognitiva comportamental para insônia

Terapia Cognitivo Comportamental funciona para tratar o sono abordando tanto o aspecto mental (cognitivo) quanto os fatores comportamentais que podem impedi-lo de dormir, tais como o estresse, depressão, ou ansiedade.

A terapia cognitivo comportamental treina para usar as técnicas que ajudam a superar as emoções negativas que acompanham a experiência de ser incapaz de dormir. Paralelamente, ela pode ajudá-lo a estabelecer um padrão de sono saudável e conseguir uma forte ligação entre a cama e dormir, o que significa que cair no sono se torna mais automática e natural. Tudo isso, sem precisar de medicamentos.

O psicólogo, ao perceber que pode ser um problema biológico, irá recomendar uma consulta com um psiquiatra ou neurologista. Mas comece indo ao psicólogo. Ele terá uma capacidade muito mais de te ajudar sem precisar de remédios, e condicionar seu organismo a um melhor desempenho.

Você tem problemas para dormir? Como faz para tentar dormir melhor? O que já funcionou para você dormir?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)