A dieta da NASA pode nos ajudar a acelerar nosso metabolismo e emagrecer. Não se preocupe, não há necessidade de ir ao espaço para seguir esta dieta! Basta seguir estas instruções e começar a sentir-se tão leve quanto em gravidade zero.

Vale lembrar: consulte um nutricionista ou médico antes de fazer qualquer dieta. Eles poderão te auxiliar nos melhores procedimentos e alimentos para sua dieta.

O que é a dieta da NASA?

Os astronautas de verdade não usam essa dieta, mas apenas aqueles com a disciplina de um astronauta da NASA serão capazes de cumpri-la por causa do número de alimentos que precisam desistir. A dieta dos astronautas é bastante ascética e consiste quase inteiramente de produtos proteicos. Fibras e carboidratos são significativamente minimizados.

Além disso, você precisará diminuir sua ingestão calórica diária. Graças à grande quantidade de proteína que você ingerirá, essa dieta contribui para a rápida perda de peso sem causar danos aos músculos.

Como fazer a dieta do astronauta?

Reduza o consumo desses produtos:

  • Refrigerantes e sucos de frutas
  • Álcool (principalmente porque contém açúcar)
  • Sal e açúcar
  • Legumes ricos em amido (batatas, beterrabas, pastinagas e cenouras)
  • Arroz e massas
  • Pão e cereais (não há mais pizza …)
  • Produtos à base de carne defumada

Coma mais destes produtos:

  • Coma peixe em vez de carne e ovos em vez de presunto
  • Cogumelos
  • Ovos
  • Peixe e frango
  • Tomate e pepino
  • Alface e repolho
  • Brócolis, couve-flor e feijão verde
  • Abóbora
  • Salada
  • Queijo e tofu
  • Leite vegano (amêndoa, arroz, soja)
Fazendo a dieta de astronauta

A dieta de astronauta pode ajudar na perda de peso e na busca de uma saúde melhor. (Foto: NASA)

Cardápio da dieta da NASA

Dê uma olhada neste menu de exemplo e tente adotar algumas dessas refeições como sua.

Café da manhã: dois ovos cozidos ou assados ​​+ uma xícara de café sem leite ou açúcar.

Almoço: meio frango de tamanho médio com meio litro de caldo de galinha (no qual foi cozido) + salada com tomate e cogumelos + um copo de leite de soja ou café preto.

Lanche: uma xícara de chá verde ou laranja.

Jantar: um copo de leite de amêndoa, peixe e 150 gramas de tofu.

Você pode substituir o tofu por queijo cottage, frango com peixe, café com chá verde e laranja com maçã.

Uma nota importante

Não ignore vitaminas e minerais. Além disso, não deixe de caminhar ou correr diariamente e beba bastante água (até 2 litros por dia).

Se você sofre de problemas digestivos, saiba que eles podem ser melhorados após algumas mudanças no estilo de vida. E a dieta sugerida também pode ajudar aqui.

A coisa mais importante a fazer é reduzir ou eliminar carboidratos simples (açúcar, macarrão, pão branco, suco de frutas, álcool, etc.). Porque quando o sistema digestivo está desequilibrado, carboidratos e açúcar com alto índice glicêmico tendem a fermentar no cólon. Esta pode ser a razão do inchaço e do gás.

É até possível curar a síndrome do intestino irritável usando uma dieta rica em proteínas, além de outras dicas de dieta.

Basta seguir estes conselhos:

Mantenha-se hidratado durante todo o dia.

Evite alimentos fritos, picantes e gordurosos, adoçantes, chá preto, bebidas carbonatadas e álcool.

Não fume.

Coma mais ameixas secas.

Tente probióticos.

Não se deite depois de comer.

Cozinhe com azeite de oliva em vez de manteiga.

Durma bem.

Tente beber chá calmante como camomila, hortelã e gengibre.

Você gosta desta dieta? Você vai tentar usá-la? Talvez você tenha seu próprio plano de dieta? Conte-nos nos comentários!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)