Você está cheio de energia e parece que você sente o seu poder? Há algo que o ajudou a seguir em frente? Eu acho isso realmente vai ajudar as pessoas seguir em frente, também.

Eu sei exatamente do que estou falando. Já fui um rapaz tímido, receoso da opinião dos outros, que sempre fui o mais bonzinho, o melhor aluno, essas coisas. Acontece, que ser bonzinho é sinônimo de querer agradar a todos. Mesmo quem é bonzinho, quer pelo menos uma vez no dia explodir alguma coisa ou socar uma paredes, móveis, portas. A porta da sala da casa de minhã mãe que o diga.

Mas como eu recuperei a minha voz? Como alguém pode fazer isso? No meu caso, eu mudei de sempre guardar a minha vontade, a minha língua, para ser alguém que tem mais voz, que se mostra mais e que deixa suas próprias vontades bem claras. Eu não deixei de ser uma pessoa boa. Mas deixei de ser o “bonzinho” e “inocente” que era para me tornar dono do meu próprio nariz, sem me preocupar muito com a opinião dos outros sobre isso. E o que cria esse tipo de mudança? Vamos a 7 dicas infalíveis sobre isso.

Observe o que você está sentindo

Nós aprendemos por osmose a não considerar nossos sentimentos, até o ponto em que perdemos o contato com eles. Se você é alguém bonzinho, você vai ser particularmente propenso a isso, por mais que você tente se enganar. O primeiro passo é perceber o que você está sentindo e o mais importante, abraçar esse sentimento.

Tente manter um diário. Encontre um bom terapeuta de qualquer modalidade para conversar. Tente entender o que prova suas emoções, a origem, e como controlar cada uma delas. Seja honesto com você mesmo sobre suas emoções, e não vai chegar a um ponto em que você pode expressar estes mais abertamente, sem se sentir como um vulcão em erupção. Eu comecei exacerbando minha raiva chutando e socando uma porta. Hoje, eu respiro fundo, vou andar de moto, passeio na rua, converso com amigos, ouço música. As ferramentas vão sendo criadas à medida em que você amadurece seus sentimentos. E sim, seus sentimentos considerados “negativos” também precisam amadurecer, e não ser suprimidos como você foi ensinado a fazer pela sua professorinha do primário. Ou você acha que ela fica feliz com o salário que ganha e não desconta a raiva de alguma forma?

Afirme o seu valor

Olhe-se no espelho todos os dias e se valorize. Olhe e pense sobre as coisas positivas sobre si mesmo e reflita sobre elas. Continue fazendo isso. A pessoa que você vai gastar mais tempo como companhia nessa vida é você mesmo, e poderia muito bem ser um bom relacionamento. Goste de você mesmo, enfatize suas qualidades que seus defeitos serão eclipsados por elas

Não tente agradar a todos

Acredite mais em você mesmo e tenha plena consciência de que não dá para agradar todo mundo. (Foto: www.avalonchurch.net)

Passe tempo com pessoas inspiradoras

Quando o show da sua banda revolucionária favorita estiver na cidade, vá ao show. Procure grupos locais de pessoas que compartilham de sua opinião. Se você precisar, se desintoxique de seus cronogramas sociais habituais. Marque e busque lugares inspiradores. Seja pelo próprio Facebook, cheio de mensagens inspiradoras das melhores e mais brilhantes pensadores ou um livro, as fontes estão aí em todos os lugares.

Quando eu descobri que havia um grupo de pessoas falando mal de mim pelas costas e espalhando uma má fama que não condizia à minha pessoa, simplesmente parei de andar com elas e deixei de frequentar os mesmos lugares. Essa também é uma forma de gerir minha raiva. Afinal, não seria legal no meio de uma galera você tirar satisfação de fofocas. E também, não vale a pena: pessoas desse tipo não merecem sua companhia nem sua atenção.

Medite regularmente

Meditar é calmante, melhora seu espírito, limpa a desordem mental e permite-lhe voltar a ter contato com quem você realmente é. Você pode meditar ouvindo músicas, vendo vídeos, conversando com alguém, praticando exercícios físicos. O importante aqui é relaxar.

Aja com sua intuição rapidamente!

A intuição é um serviço de mensagens rápidas do universo. Ela pode melhorar a sua vida e até mesmo salvá-lo. É a sua alma falando com você, e é rápida, geralmente o primeiro pensamento que vem à sua mente. Você precisa entrar em sintonia com os primeiros pensamentos, e ir com eles. Ele tem uma qualidade edificante para que, mesmo em situações graves, e não é prejudicial para os outros. Intuição vem do latim, “ensino interior”. Respeite sua intuição, que está lá para ajudá-lo.

Só não fique achando que sua intuição de dar um beijo surpresa naquela garota desconhecida do bar seja uma boa ideia. Ela pode ter um namorado não tão compreensivo e tão “intuitivo” quanto você. Agora, se já é uma gatinha que você já sabe dos interesses dela, por que não?

Use sua energia sabiamente

Sintonize, compreenda e respeite os seus níveis de energia natural. Quando você está cansado, ou calmo, permita-se ser essas coisas. Dê uma olhada em sua relação de busca e descanso. Abrace suas necessidades e saiba que mesmo os mais fortes líderes, os mais belos e confiantes atores, também já roncaram em um dia de extremo cansaço.

Alinhe-se com seus sonhos

A verdade é que você não está no comando de tudo. Nós não precisamos de entender o quadro geral. Nós simplesmente precisamos estabelecer nossos sonhos lá no alto e começar a construir nossos alicerces até lá. Pode ser algo simples, como conseguir conversar com um desconhecido na rua. Os sonhos são a maior força motriz do mundo. E você tem que sonhar para conseguir sair do lugar.

Você tem o seu próprio papel especial na vida – é a única coisa que te faz feliz. Quando você segue o seu entusiasmo, sua voz se torna magicamente livre. E ser bonzinho ou mal não vai ter tanta importância porque ao ser confiante em você mesmo você não terá problema algum em mostrar aos outros o que pensa e sente através de suas ações e não apenas palavras.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Um comentário para “7 dicas infalíveis para deixar de ser bonzinho!”

  1. Felipe

    Boas dicas vou começa agora!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)