Todos nós vamos a eventos, festas, conferências ou encontros e ficamos presos conversando com uma pessoa chata. É esse tipo de coisa que lutamos sempre para evitar, porque ficar preso com uma pessoa chata é bem incômodo. E se for você a pessoa chata?

Existem diferenças importantes entre uma pessoa chata e uma pessoa interessante, e a maior diferença é a forma como as pessoas enxergam você. Os convites para encontros sociais diminuem e as interações reais que você tem nos eventos são limitadas, pois as pessoas começam a evitar você a todo custo.

Então, como você pode garantir que você não é a pessoa chata em um evento ou reunião? Para aqueles de vocês que precisam retocar sua capacidade de conversar, reunimos algumas informações importantes, coisas que tornam pessoas chatas e desinteressantes. Conheça bem esses elementos e você será beneficiado e poderá agir ativamente para mudar como as pessoas te enxergam.

Como não ser chato com os amigos: fugindo do egocentrismo negativo

O caminho mais rápido em uma estrada do chateamento é sendo negativo e reclamão, falando sobre os problemas, mostrando desinteresse nos outros. Todos nós já estivemos em festas ou eventos onde alguém simplesmente não pára de falar sobre as coisas horríveis.

Quer se trate de um parceiro, trabalho, casa ou time de futebol, as pessoas não estão interessadas em ouvir sobre suas aflições e queixas. Fale sobre coisas que você gosta, que te empolgam e te interessam.

O que faz uma pessoa chata

Uma pessoa chata pode estragar seu bom humor, ou você pode ser uma pessoa chata estragando o humor das outras pessoas. Aprenda o que faz uma pessoa chata e evite esses comportamentos. (Foto: Psychology Today)

Pessoa chata é aquela que só faz conversas banais

Falar sobre coisas triviais ou superficiais, estar interessado em apenas um tópico e repetir as mesmas histórias e piadas é ser uma pessoa chata. Nessas situações, a conversa constantemente gira em torno de coisas triviais como o clima, o que você faz para o trabalho e se você está ou não aproveitando a noite. Essas conversas banais ocorrem quando uma ou ambas as partes simplesmente não estão dispostas a se abrir para a outra pessoa. Então, dê o primeiro passo e comece uma conversa centrada em algo mais profundo do que o clima.

Pessoas chatas não demonstram interesse pela conversa

Outro hábito que conduz conversas chatas está em não mostrar interesse. Você já falou com alguém que sempre lhe oferece respostas de uma palavra ou fala consistentemente no mesmo tom? Não é fácil conversar com essas pessoas, e muitas vezes podem atrapalhar qualquer interação mais produtiva. As pessoas que mostram pouco entusiasmo, falam em vozes monótonas, evitam o contato com os olhos e se comportam de maneiras muito inexpressivas são consideradas chatas também. Este é um hábito que você pode quebrar. Você só precisa estar ciente de como você está interagindo com as pessoas e mostrar interesse em todas as conversas.

Pessoas chatas demoram para explicar seus pontos de vista

As pessoas que levam um tempo para chegar a um ponto ou falam devagar também são muito chatas. São os indivíduos que conversam devagar, pausam um longo tempo antes de responder, levam muito tempo para explicar seus pontos de vista e arrastam conversas.

Pense sobre um professor que constantemente fala sobre a mesma coisa repetidamente, mesmo quando toda a classe já entendeu o tópico. Em vez de cair nesta armadilha, chegue aos seus pontos de vista rapidamente e tenha em mente algumas histórias que você possa usar quando quer desenvolver uma conversa mais interessante.

Pessoas chatas não emitem nenhuma opinião sobre qualquer coisa

Todos conhecemos alguém que não tem opinião sobre nada. Ao mesmo tempo, também conhecemos pessoas que tem opiniões sobre tudo. Ambos são problemas, mas não ter uma opinião sobre nada é uma via de mão única para a chatice. Ter pouco a dizer, ter poucas opiniões, ser previsível em seus pensamentos ou tentar ser apreciado concordando com todos é outro hábito de pessoas chatas. Fazer um debate e uma discussão de qualidade é essencial para se mostrar uma pessoa interessante.

Preocupação demais consigo mesmo é ser chato

Se você só vai falar sobre o quão grande você é, as pessoas vão procurar outra pessoa para conversar. É simples assim. A confiança é excelente, mas ter um ego enorme é chato. Indivíduos que querem falar sobre si mesmos apenas se tornam chatos. Então, em vez de ser a pessoa fazendo toda a conversa, dê a palavra aos outros fazendo perguntas.

Ser sempre sério é ser uma pessoa chata

Ninguém se sente excitado ou inspirado a conversar com alguém que sempre é sério. Ria das piadas das pessoas. Sorria quando eles usam sarcasmo. Faça situações embaraçosas mais leves. Não aja como um robô e mostre alguma emoção em suas interações.

Ser chato é exagerar para agradar os outros

É importante não exagerar na tentativa de não ser chato. Um dos principais hábitos das pessoas chatas é quando as pessoas tentam ser engraçadas ou agradáveis ​​para impressionar outras pessoas. Em vez de sempre pensar em maneiras de impressionar alguém, você deve estar pensando em como você pode se conectar ou agregar valor. Assim que você começar a agir dessa maneira, as pessoas ficarão impressionadas com você como pessoa, e não como alguém que está tentando impressionar.

Pessoas chatas estão sempre distraídas com outras coisas

Você puxa o seu telefone e manda um SMS no meio da conversa? Você gasta tempo percorrendo suas atualizações nas redes sociais? Você se perde facilmente e começa a pensar em outras coisas? Fazer coisas que interferem com a conversa, desviar-se e engajar-se em outros diálogos também são hábitos ativos de conversas chatas. Concentre-se na pessoa com quem você está falando. Esteja presente no momento e na conversa que você está tendo.

Agora que você sabe quais hábitos formam as pessoas chatas, você pode passar a evitá-los. Isso permitirá que você flua através de conversas com facilidade e garantirá que a pessoa do outro lado não te ache uma pessoa desinteressante.

Você já foi uma pessoa chata? Como fez para mudar isso?

Marcadores: ,
Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)