Como controlar a raiva? As pessoas estão fazendo esta pergunta há milhares de anos. Bem, a resposta é “NÃO, você não pode controlar sua raiva”.

Você não pode controlar a raiva, porque ela é você. É uma de suas faces. Você continua mudando suas caras o tempo todo. Normalmente, quando você fica com raiva, você tem muitas razões para apoiá-la junto com a violência. Você não quer se livrar da raiva, pois você se sente poderoso e forte quando você fica com raiva.

Ninguém, no fundo quer ficar totalmente livre da raiva, porque você quer todos os benefícios que você pode ter por estar zangado. A raiva é a melhor maneira de provar aos outros que você é o Senhor Certinho. A raiva é uma maneira fácil de manipular e dominar as pessoas.

Se você realmente quiser ficar livre da raiva, então você tem que olhar para todos os benefícios ocultos que você tem por estar zangado.

Segunda coisa, a raiva é um estado sonolento de espírito. Quando você fica com raiva, você fica inconsciente. Portanto, os seus esforços para controlar sua raiva são esforços inconscientes. É como se você estivesse lutando com seu inimigo em seu sonho. Metade de sua mente está envolvida na criação da raiva e apoiá-la, dando todas as razões lógicas e outra metade de sua mente está envolvida no controle da raiva.

Não condene a raiva. É apenas a sua própria imaginação. São seus pensamentos. É você, temporariamente inconsciente. Neste estado inconsciente se pode cometer violência. A raiva também deixa para trás a sombra de culpa. Tentar controlar a raiva é como parar um poderoso fluxo. Você nunca vai ter sucesso.

Controlando a raiva

Compreender a raiva pode ser uma tarefa muito difícil. Porém, quando você passa a entendê-la e suas causas, tudo fica mais simples. (Foto: divulgação)

Não há outra maneira. Não tente controlar suas emoções de raiva. A raiva controlada irá se tornar uma depressão e frustração e que pode explodir a qualquer momento.

Você deve ser simpático com suas emoções, porque são suas emoções. Sempre que você ficar com raiva, tente tornar-se consciente das sensações físicas de raiva. Você vai se sentir sensações desconfortáveis ​​em diferentes partes do seu corpo. É uma coisa muito simples de observar estas sensações. Muito provavelmente você vai sentir essas sensações em sua cabeça. Então, basta prestar atenção à essas sensações. Também, mantenha um olho em seus pensamentos. Veja como os seus pensamentos estão reagindo a toda a situação.

A raiva é a melhor oportunidade para a meditação sobre sua vida. Quando você está com raiva, há muitas coisas acontecendo em sua mente. Na raiva você pode pegar o seu ego em ação. Normalmente, o ego é silencioso e oculto. Você não pode vê-lo, mas com a raiva, seu ego está trabalhando mais rápido. Você pode facilmente observar suas ações e camadas escondidas. E com a observação em si, você vai saber o que é a ação correta. Sua mente vai tornar-se calma e relaxada. Então você vai tomar uma ação apropriada, mas não virá de sua raiva: ao invés disso, ela virá da compreensão do que te frustra, do que te leva àquele estado.

Terapias convencionais, como psicólogos e psiquiatras também ajudam, se caso a raiva chegue a níveis muito altos. Não feche os olhos para o mundo e compreenda o que te faz mal antes que você destrua muito mais que só você mesmo. A raiva deve ser abraçada para ser compreendida, não abraçada para que você se entregue à ela.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)