A maioria dos homens que abusam de drogas ou álcool começam a fazer isso na adolescência ou na idade adulta jovem. Ao longo dos anos do ensino médio e na faculdade, jovens lidam com complexas questões pessoais e sociais relacionadas com a imagem corporal, beleza física, a sexualidade e o desempenho em atletismo, questões que muitos acreditam que os definem como homens. Os homens, em geral, não expressam seus sentimentos verbalmente, tão prontamente quanto as mulheres, e podem lidar com eles de formas menos saudáveis. Os jovens também são mais propensos do que as mulheres para ter a oportunidade de experimentar com álcool e drogas.

Homens e Mulheres

Os homens e as mulheres reagem diferentemente aos fármacos de um número de maneiras, incluindo a forma como eles são suscetíveis de se tornarem dependentes de várias drogas. Os homens são mais propensos a se tornarem viciados em maconha e álcool do que as mulheres. No entanto, não existe qualquer diferença na probabilidade de dependência de cocaína, a heroína, o tabaco, alucinógenos ou inalantes entre os sexos. É preciso mais tempo para fazer homens dependentes de drogas do que leva as mulheres. Os riscos de acidente vascular cerebral relacionados com o uso de cocaína e os seus efeitos sobre o cérebro, no entanto, são mais grave nos homens do que nas mulheres.

Efeitos hormonais

Drogas freqüentemente produzem efeitos biológicos e comportamentais nos homens que são diferentes daqueles produzidos em mulheres. Alguns hormônios que estimulam a produção de testosterona parecem ser mais sensíveis à estimulação pela cocaína nos homens do que nas mulheres. Diferenças hormonais podem explicar algumas das diferenças de gênero em relação à escolha de drogas, inclusive relatos de excitação sexual com o uso de algumas drogas é comum.

Abuso de esteróides anabolizantes

Os homens jovens e atletas são especialmente vulneráveis ​​ao abuso de esteróides anabolizantes ou hormônios de crescimento, devido à importância que muitos homens colocam em parecerem mais masculinos e com um bom desempenho no esporte. Os esteróides anabólicos são utilizados no tratamento da AIDS, para compensar o síndrome de definhamento mas muitas vezes são abusados por atletas e outros, para melhorar o desempenho e aumentar o tamanho do corpo e da massa muscular. Além de alterar características sexuais masculinas, causar problemas cardíacos prematuros, tumores do fígado, acidentes vasculares cerebrais, insuficiência renal e problemas psiquiátricos, esteroides podem causar muitos outros problemas graves de saúde. Homens que injetam esteróides anabolizantes também aumentam o risco de contrair ou transmitir hepatite ou HIV.

Vícios masculinos

Os esteróides são muito procurados por homens que querem definir seus músculos e mostrar mais o corpo. Em alguns casos, eles podem ser recomendados por médicos. Porém, na maioria das vezes, são usados sem responsabilidade alguma, podendo ter efeitos péssimos na saúde. (Foto: www.buscasaude.com.br)

Riscos

Os homens que abusam de substâncias estão em risco de se tornarem deprimidos, ansiosos e suicidas. Eles são mais propensos a se envolver em um acidente de trânsito ou se envolver em comportamento violento embriagado, muitas vezes contra os seus próprios entes queridos. Comportamento sexual de risco é comum aos homens que abusam de substâncias, especialmente aqueles que usam drogas estimulantes como cocaína ou metanfetamina. Os homens que abusam de substâncias têm problemas de relacionamento em casa e no trabalho e, muitas vezes ficam desempregado devido ao seu abuso de substâncias. Eles estão em maior risco de desenvolver problemas de saúde como câncer, HIV e disfunção hepática por conta do vício.

Mais comuns

O álcool e a maconha são os vícios mais comuns. Esteróides tem uma alta popularidade. Cocaína e crack também estão em crescente aumento entre a população masculina.

Tratamento

Por mais prazer que as drogas proporcionem, o primeiro passo é reconhecer que você tem um problema e precisa se tratar. Busque ajuda, desabafe, mostre que você está vulnerável. Os primeiros momentos de um tratamento e do reconhecimento do vício são os mais difíceis. Mas toda grande jornada começa com um primeiro passo. Não deixe que as drogas destruam você e sua família. Reconheça o problema e saia dessa o quanto antes.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)