Você com certeza já viu um dos famosos “homens-sorvete” malhando em alguma academia por aí. São aqueles caras com tórax bem trabalhado e ombros largos, mas que tem pernas tão finas que fica até engraçado de ver. Alguns tem esta estrutura corpórea porque realmente focam demais em malhar a parte superior do corpo. Outros, por conta da própria genética. Mas há algo de tão ruim em ter pernas finas? Ou é apenas um preconceito estético?

A questão da genética nas pernas finas

Não dá pra fugir da genética ao falar de ganho e perda muscular, além da estrutura óssea e muscular de seu corpo. Suas pernas podem ser finas não porque não são musculosas. Maratonistas tem pernas finas, na grande maioria. Mas tem uma força descomunal nas pernas.

Existem também pessoas que tem pernas grossas sem esforço algum. Isto também é genética. Outras, começam a malhar e ganham muita massa nas pernas rapidamente, enquanto alguns precisam de anos para começar a ter um resultado de “engrossamento” das pernas.

Quer você queira, quer não: sua estrutura corporal e a genética são os fatores que mais influenciarão o “formato” de suas pernas.

A questão estética das pernas finas

As pernas finas para homens já passaram por épocas de fama e infâmia. Hoje, com a diversidade estética no mundo, você pode fazer sucesso com pernas finas. O problema é que no mundo da musculação, pernas finas estão associadas a uma “feiura” estética, um defeito a ser corrigido. O que não é sempre verdade.

Suas pernas fazem parte da sua estrutura corporal. E tentar corrigir sua estrutura corporal além de ser frustrante, pode ser ineficaz e causar bizarrices estéticas, como os homens-sorvete. É comum que alguém que tenha pernas finas tente compensar isso trabalhando muito mais a parte superior do corpo, sem respeitar sua estrutura corporal e a proporcionalidade do corpo, algo que os fisiculturistas sabem serem tão ou mais importante do que o ganho de massa muscular.

Portanto, é mais importante considerar sua estrutura corporal do que as pernas finas em si, na hora de se olhar no espelho. Você pode ser um cara magro, musculoso, e as penas finas complementarem muito bem seu visual.

Exageros ruins na malhação

Ou você prepara um programa de treinamento que respeita sua estrutura corporal ou você ficará igual ao rapaz da foto. (Foto: www.collegehumor.com)

A questão de saúde das pernas finas

Naturalmente, quem emagrece perderá gordura em várias partes do corpo, inclusive nas pernas. Alguns perdem mais e outros, menos. Se você tiver um bom programa de malhação e acompanhamento profissional, você saberá como malhar as pernas para transformar a massa “gorda” em massa “magra”, ou seja, gorduras em músculos. A velocidade dos resultados irá depender diretamente da sua genética.

Porém, por verem as pernas ficando finas enquanto emagrecem, algo natural nos primeiros meses de malhação, alguns se desesperam. Buscam programas de malhação intensos para pernas, que só irã resultar em desproporcionalidades e até em lesões.

O que você tem que fazer é manter a calma. As pernas vão engrossar e ganhar músculos, se você seguir um programa de treinamento para seu corpo. Você deve respeitar seu tempo e seus limites. Afinal, será muito pior para seu ganho muscular ficar um mês parado por conta de uma lesão do que simplesmente diminuir o ritmo da malhação.

As pernas finas: uma experiência pessoal

Eu sempre tive pernas grossas e ganhar músculos ou massa com as pernas nunca foi um problema. Para mim, o maior problema era escolher roupas que respeitassem minha estrutural corporal. Mas já vi caras que tinham pernas finas malhando e que não faziam nada para “esconder” ou respeitar melhor seus corpos. Eles tinham braços e ombros largos. Alguns, até abusavam dos anabolizantes.

O resultado é que até hoje, tenho um corpo bem proporcional e com uma excelente postura, graças a um trabalho equilibrado para ganho muscular tanto para estética quanto para força. E estes caras, duvido que não tenham sofrido algum tipo de lesão ou problema de saúde.

O que você tem que pensar é: não baseie seus padrões estéticos em um ideal inalcançável. Respeite seus limites. Goste de você mesmo e aprenda a trabalhar com o que você tem. Só assim, você conseguirá realmente ganhar esteticamente e em saúde, independente de pernas finas ou não.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

5 comentários para “Pernas finas? Isso é mesmo ruim?”

  1. Luiz Carlos

    Malho a mais de 1 ano e tenho as pernas finas, tenho 1, 85 ou 86 de altura, peso 60 kg e tenho 53 de coxas! Não quero coxas grossas quero normais e além do mais tenho joelho ossudo, o em deixa mais envergonhado e complexado com minhas pernas, até agora só vejo resultado nos braços e peitos!

    Responder
  2. Waldomiro Alves dos Santos

    Tenho 1, 69 de altura, 79kg, minhas coxas medem 55cm. Não gosto de minhas coxas, tenho vergonha das pessoas e até mesmo de minha mulher. Sou um homem triste por isso.

    Responder
    • Equipe Beleza Masculina

      Waldomiro, fique calmo! Com os exercícios certos e uma boa dieta, você consegue resolver isso! Nosso artigo//www.belezamasculina.com.br/exercicios-para-engrossar-as-pernas/ vai te ajudar!

      Responder
  3. Diego

    Tenho ombros largos e as coxas e panturrilhas muitos finas gostaria de mudar isso tbm, já tomei ate remédios de engordar para ver se mudava e nada, minha genética tbm não ajuda sou magro 59 quilos e 1, 66 de altura como mudar isso?

    Responder
    • Equipe Beleza Masculina

      Diego, cada um de nós temos um biotipo, e muitas vezes mesmo com orientação profissional não iremos conseguir alterar algumas características.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)