Quantos de nós já começamos uma academia e menos de 3 meses depois paramos de frequentá-la? Ou mesmo, começamos aquela caminhada todos os dias e já na segunda semana, paramos com a prática? Abandonar os exercícios físicos é muito fácil. Seja pelo cansaço inicial, pelo desânimo, pela falta de disciplina ou muitos outros fatores, o fato é que a maioria das pessoas desiste dessa atitude saudável e beneficial ao seu corpo. Como então evitar que isso aconteça e ter o prazer da prática de esportes no seu dia a dia?

  1. Leve seus gostos em conta: não adianta você querer fazer academia se você odeia aquele ambiente ou não gosta muito de utilizar os aparelhos de malhação. Se você não curte uma caminhada pelo ambiente urbano, então pra  quê ir caminhar? Esporte tem que ter prazer envolvido. Comece pelos esportes que você mais gosta e depois, vá para outras práticas que vão ficar menos pesarosas. Não vá apenas pelos conselhos dos amigos: conheça você mesmo antes de saber se é o certo para você.
  2. Escolha o lugar certo:se você vai escolher uma academia, estúdio de pilates ou mesmo um clube onde vai praticar seu esporte, pesquise não apenas valores mas também o atendimento e o público que ali frequenta. De nada adianta pagar barato se os profissionais que ali te atendem não te dão suporte algum ou pagar caro e o público que frequenta a academia for um tipo de gente que você não lida bem. O ambiente é essencial para uma prática mais saudável e menos problemática.

    Exercícios físicos saudáveis

    Para muitos, a Yoga é uma prática de exercícios motivante e também calmante. Para outros, pode ser muito chato. É necessário que você leve sempre seus gostos em conta. (Foto: anythingbeautiful.blogspot.com)

  3. Paciência: emagrecer ou entrar em forma demanda tempo. Seu organismo está reestruturando todo um aparato metabólico e químico para atender as novas demandas de seu corpo. Sua gordura está deixando de ficar acumulada porque você tem gasto mais energia. Não se afobe: os resultados aparecerão, mas você precisa ser paciente e não ficar se comparando com outras pessoas que já malham há mais tempo e ficam se gabando do quão rápido perdem e ganham peso.
  4. Disciplina: quando fixamos os horários de prática, não troque-os por nada no mundo. Não marque nada em um período entre uma e duas horas depois ou antes da prática do esporte, ginástica ou academia durante, pelo menos, o primeiro mês. Isso vai garantir que você não use a desculpa clássica de que tem outros afazeres e fuja da sua rotina saudável. Determine um horário onde você sente-se mais disposto: manhã, tarde ou noite. E daí, organize-se para nunca perder ou fugir dessa rotina.
  5. Socialize: esporte, malhação, ginástica, spinning, dança, caminhada. Além dos benefícios comuns que todos tem para sua saúde, existe um fator social que não pode ser deixado de lado. Exercícios físicos, quando você os faz sozinhos, pode ser muito mais difícil do que imagina. É sempre legal ter alguém com quem compartilhar experiências, dividir frustrações ou usar como motivador para os momentos mais tediosos ou difíceis. Busque uma boa companhia e comece o quanto antes!
  6. Acompanhe os resultados: você perdeu 1 cm de barriga após um mês de prática constante de exercícios. Isso é ótimo! Use cada pequeno avanço como um incentivo maior aos próximos passos. Se seus objetivos não foram alcançados, sente com um profissional da área e analise o que pode ter acontecido. Pense em seu cotidiano e no que ainda pode ser melhorado. Quanto mais você acompanhar seus resultados, mais rápido irá alcançar seus objetivos. Veja alguns aplicativos de celular para monitorar os seus esportes!
  7. Conheça seus limites:se alguma parte de seu corpo está doendo mais do que o normal, pare. Se você acha que os pesos que levantam estão demais, diminua. Se todo dia você está acordando com uma dor diferente, repense a sua rotina de treinamento. Praticar exercícios físicos demanda um conhecimento de cada um de seus limites. Os abusos resultarão em meses de recuperação que podem ser o maior motivo para que você desista de uma vida mais saudável de vez.

    Opções de exercícios em espaços fechados

    Se uma caminhada ao ar livre não te atrai, não será o caso de tentar uma esteira com alguns amigos para ver se não te motiva mais? (Foto: fitness-queen.biz)

  8. Fuja da rotina: alterne o treinamento, lugares de caminhada, aparelhos da musculação. Fazer todo dia a mesma coisa além de não colaborar para o desenvolvimento da musculatura do seu corpo como um todo, fará com que os treinos comecem a ficar chatos e repetitivos. Organize um calendário onde os exercícios físicos variam, trabalhando diferentes partes do corpo e deixando sua mente satisfeita com a mudança constante de rotina.
  9. Treinar não é um estilo de vida: você tem amigos. Você deve gostar de beber com eles. Tirando os excessos, isso é mais do que necessário na vida de um ser humano normal. Não seja do tipo de pessoa que vive para treinar e praticar exercícios. Viva fora do treino e aproveite os resultados da melhor saúde.
  10. Divirta-se: auto explicativo. A prática de exercícios físicos não deve ser cansativa ou pesarosa. Busque amigos, lazer, lugares legais. Faça do treino uma experiência de vida que realmente acrescente ao seu lado humano.
Após essas dicas, não espere muito mais e continue seus exercícios ou comece logo a prática deles. Chame seus amigos, famílias, parentes e todo mundo. Quanto mais você tornar os exercícios parte de sua vida, sem exageros é claro, melhor será para sua saúde e de todos que estão ao seu redor.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)