Conversando com especialistas e com nosso conhecimento já sobre relacionamentos, tivemos acesso aos diferentes tipos de relacionamento que podem dar certo. Se você quer saber qual tipo de relacionamento é o seu, reunimos abaixo os principais para que você entenda a dinâmica das relações em que você está envolvido.

Tipos de relacionamento: Transitório

Um relacionamento transitório atua como uma ponte entre duas fases de evolução. Pode implementar mudanças ou aliviar o peso das principais mudanças de vida. Por exemplo, um relacionamento para uma garota no ensino médio pode ajudá-la a chegar a maturidade de uma mulher, permitindo que ela aprenda suas primeiras lições do amor. Ou um relacionamento transitório depois que um longo casamento acabou pode ajudar uma pessoa a lidar com o divórcio até que essa pessoa se cure. As relações transitórias são quase sempre temporárias, mas servem um grande propósito em empurrar suavemente uma pessoa de um nível de auto-transformação para o próximo.

Tipos de relacionamento: Cármico

Talvez a lei mais poderosa do universo, o Carma não é uma força mal-intencionada que traz nossas ações erradas de volta para nós. É a acumulação energética de todas as nossas ações, boas e más. E o carma tem reputação de se repetir. Um relacionamento cármico sempre implica alguma forma de “ação” que deve se desempenhar dentro do casal, ou seja, a quebra de algum padrão ou ciclo de situações recorrentes. Depois que o carma é resolvido, no entanto, o relacionamento pode chegar ao fim, já que seu objetivo foi cumprido. Tal pode ser o caso no relacionamento de uma pessoa que depois de vários anos de namoro com a mesma pessoa, simplesmente “acordou” um dia e sabia que era hora de cortar os laços. Os relacionamentos cármicos às vezes podem ser relações espirituosas também. Você pode saber que a pessoa era sua alma gêmea desde o momento em que vocês se conhecem. Mas também devem saber que há um carma específico para o reencontro. As relações cármicas são experiências enriquecedoras que podem ser progressivas, elevadoras e cumprindo funções específicas, sejam temporárias ou a longo prazo.

Lidando com relacionamentos

Conhecendo os diferentes tipos de relacionamento torna mais fácil lidar com cada um deles e chegar a diferentes soluções para os problemas. (Foto: Wondrlust)

Tipos de relacionamento: Compromissado

O mais comum dos quatro, um relacionamento de compromisso ocorre quando duas pessoas se reúnem com base em um arranjo de conforto, como estabilidade financeira ou emocional. Muitos relacionamentos que pretendem terminar continuam porque os dois parceiros se tornaram muito acostumados ​​uns aos outros e acham difícil se separarem.

Em suma, eles se acomodam um pelo outro. Eles podem ter filhos, o que faz com que eles ainda sintam que eles devem permanecer juntos, embora nenhum deles possa estar totalmente satisfeito ou apaixonado. Relacionamentos baseados em um compromisso nos mantêm presos em uma “zona de conforto”. Mas é importante avaliar se estamos realmente felizes com o nosso parceiro ou simplesmente confortáveis. Muitas vezes as pessoas declararem que seu cônjuge é um excelente pai ou mãe para os filhos, mas que eles conhecem profundamente que seus relacionamentos são apenas um compromisso.

Muitas pessoas podem sentir isso em seus corações. Em termos de um relacionamento que é um compromisso, é inteiramente o livre arbítrio de ambos os parceiros, quer eles desejem permanecer juntos ou separados. Há relacionamentos de compromisso que duraram uma vida porque nenhum dos parceiros quer deixar o outro. Embora o problema nas relações de compromisso seja que um ou ambos os parceiros podem não estar completamente satisfeitos, a decisão de ficar ou embora é de cada um.

Tipos de relacionamento: Pleno

Um relacionamento pleno denota uma ligação de almas gêmeas que atinge muito mais do que o nível físico ou emocional. Os relacionamentos dessa natureza são raros mas quando eles ocorrem, eles geralmente duram qualquer teste do tempo. Esse tipo de relacionamento é marcado por uma conexão intensa entre duas pessoas, uma que até pode ser difícil de transmitir em palavras. Duas pessoas apenas se conectam em profunda sintonia, e podem terminar as frases uns dos outros, são melhores amigos e muito mais.

Quando as almas gêmeas se encontraram, o sentimento é comparado a dois pedaços de um enigma que se encaixam perfeitamente juntos. Isso não quer dizer que as almas gêmeas não terão problemas ao longo de seu relacionamento. Mas eles serão capazes de resolver seus problemas com mais facilidade do que os casais que não estão vinculados por laços espirituais.

Os relacionamentos amorosos desempenham papéis críticos em nossas vidas. Mas, talvez, nossa tarefa mais difícil reside em desenredar o nó emocional para revelar a função central do nosso relacionamento. Afastar-nos de nossos sentimentos o suficiente para avaliar a autenticidade do nosso relacionamento pode fazer um mundo de diferença na qualidade de amor que damos e ganhamos.

Quais tipos de relacionamento você já teve? Como lida com cada tipo diferente de relacionamento?

Marcadores:
Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)