Você está cansado de saber que exercícios físicos são importantes para a saúde e a boa forma, e também sabe que a corrida é uma ótima forma de aliar exercícios aeróbicos e musculares. Pra falar a verdade, você sempre quis correr, mas quem hoje em dia acha o tempo de praticar corridas quando se tem que fazer malabarismos para dar conta do trabalho, família e lazer – além, é claro, daquela clássica preguiça que bate quando a gente finalmente “desliga” das obrigações. Bem, isso é porque você só tinha ouvido falar que é bom e ainda não leu sobre todos os benefícios da corrida para a sua saúde. Mas isso irá mudar agora!

Para quem quer começar a correr, o ideal é correr em dias alternados, de três a quatro vezes por semana, e fazer outra atividade aeróbica nos outros dias. Para quem já é um corredor experiente, é importante manter o pique fazendo treinos mais puxados e específicos de três a quatro vezes por semana e, nos outros dias, dar uma corrida mais leve. O tempo de prática pode variar entre 30 a 60 minutos, sempre lembrando de fazer alongamentos antes de começar, a fim de evitar lesões. Além disso, é importante comprar um bom par de tênis com amortecimento.

Outra coisa importante é visitar um médico antes de começar a prática regular da corrida, assim como qualquer esporte e exercício físico. Isso vai te ajudar a evitar lesões, mas, principalmente, pode detectar algum problema de saúde que venha a interferir com a atividade física. Se esse for o caso, o médico lhe aconselhará a melhor forma de praticar a corrida sem riscos.

Homem correndo

Os benefícios da corrida para a sua saúde e os órgãos do seu corpo.

Então, vamos lá. Acompanhe abaixo os reais motivos para praticar corrida – e quais partes do seu corpo irão agradecer o seu esforço ao ar livre.

  • Coração: a corrida faz com que o coração trabalhe mais, aumentando o fluxo sanguíneo para o corpo. A musculatura do coração se fortalece e ocorre um aumento das cavidade cardíacas, o que permite que o coração bombeie maior quantidade de sangue em menos tempo e com menos esforço. Esse aumento de circulação sanguínea promove um equivalente aumento da entrada de oxigênio nos tecidos, o que está relacionado a uma melhora das condições gerais do tecido.
  • Ossos: a corrida estimula a formação de massa óssea através do aumento da atividade de osteoblastos, células que transportam cálcio aos ossos para fortalecê-los. O aumento da densidade evita problemas ósseos como a osteoporose e fraturas.
  • Cérebro: exercícios físicos em geral aumentam níveis de diversos neurotransmissores como a dopamina, a serotonina e a endorfina. A serotonina está associada à sensação de bem estar e em baixos níveis está correlacionada com depressão e distúrbios do sono. Já a endorfina é relacionada ao prazer e relaxamento, dando uma sensação de euforia. Ela está correlacionada à melhoras na memória, disposição física e mental, melhora do sistema imune e prevenção de lesões nas artérias. Outro benefício dos exercícios físicos é a prevenção contra demências e declínios cognitivos, já que a atividade física aumenta a quantidade de mitocôndrias (as “fábricas de energia”) nas células e diminui a ação dos radicais livres.
  • Pulmões: exercícios físicos fazem com que o volume de ar inspirado seja maior, o que aumenta a capacidade do pulmão e, consequentemente, aumenta a absorção de oxigênio.
  • Pressão arterial: correr estimula a vasodilatação (processo pelo qual as artérias se dilatam para permitir passagem de mais sangue), o que faz com que a pressão arterial diminua.
  • Colesterol: atividades físicas causam a diminuição do colesterol LDL (o “ruim”) e aumento do colesterol HDL (o “bom”), o encarregado da manutenção da integridade das artérias.
  • Peso: a corrida ajuda na queima calórica e na perda de tecido adiposo (gordura), o que favorece a perda ou manutenção do peso. É possível perder até 950 calorias em 1 hora de treino.
  • Músculos: os músculos ficam mais resistentes, fortes e bem delineados.
  • Sono: atividades físicas melhoram a qualidade do sono através da produção de serotonina e endorfina, os neurotransmissores que nos ajudam a relaxar e a sentir bem.
  • Estresse: exercícios físicos causam a liberação de cortisol, um hormônio produzido pelas supra-renais que auxilia no metabolismo de glicose, na manutenção da pressão sanguínea, na regulação das funções imunes e nas respostas inflamatórias.
  • Rins: há melhora na função dos rins, que filtram o sangue e reduzem as substâncias tóxicas resultantes do metabolismo.
  • Articulações: correr fortalece a cartilagem e as articulações, prevenindo contra artrite, artrose e outras degenerações das articulações.
  • Aumenta a libido: após 30 minutos de exercícios, há um aumento na testosterona que dura por, aproximadamente, 1 hora. No caso das mulheres, também há um aumento no estrogênio.

E aí? Gostou dos benefícios que a corrida pode trazer para você? Então o que você está esperando, arrume logo um tempo para a prática da corrida em sua rotina e você verá os resultados em seu corpo e mente!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Por que praticar corrida é tão importante”

  1. Marcio Leite Cabral

    Gostei muito de saber desses beneficios. Vou começar a praticar.

    Responder
  2. Juliano Trindade

    Olá, comecei a correr todos os dias, já faz um mês, as mudanças são incríveis, corpo melhora, sono melhor, menos stress, sinto mais disposição para tudo, muito bom mesmo, isso que não estou forçando muito não, faço de 20 a 30 minutos diários. Recomento a todos.

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)