Você já esteve em um momento de relacionamento onde você não tem certeza se vocês dois foram feitos um para o outro. Talvez, você continuamente se pergunta se você deve sair e procurar algo melhor e verdadeiramente gratificante, ou ficar comprometido com o relacionamento e aceitar que o que você tem é bom o suficiente. Você pode ter medo de terminar o namoro gostando, ou estar em uma situação em que cogita terminar o namoro à distância. Frases para terminar namoros prontas ajudam a entender esse contexto melhor, expressando diferentes situações. Mas, no fim das contas, a pergunta que fica, principalmente para quem está pensando em terminar um namoro longo:

Devo mesmo terminar o namoro?

Existe um momento de muitos relacionamentos onde um dos lados deixa de estar na relação, emocionalmente e mentalmente, mas não abandona a relação fisicamente. Nesse momento, pelo menos um dos lados da relação estará privado de alegrias, intimidade, liberdade, esperança e a verdadeira felicidade. Muitos de nós caímos nessa armadilha mortal por causa de baixos níveis de auto-consciência e não saber como escolher a nossa própria felicidade, pensando que nossa felicidade depende de pessoas e circunstâncias, em vez de nós mesmos.

Se conheça bem antes de terminar um namoro

Relacionamentos são um dos aspectos mais complexos da nossa vida. Eles atuam como portais para pessoas e experiências que podem elevar você a novas alturas, ou arrastá-lo para baixo na lama. Fazer as perguntas abaixo para você mesmo, e ter a paciência de respondê-las com calma e nunca depois de uma briga ou discussão, vai te ajudar muito a entender se o namoro só está em um momento difícil ou se é hora de partir para outra.

Por que terminar um namoro?

Terminar um namoro é uma decisão difícil. Porém, pode ser sua única opção para voltar a ser feliz. (Foto: www.bodyrock.tv)

Você está com sua namorada ou esposa apenas por motivos religiosos?

Polêmico, mas e uma pura verdade na sociedade brasileira. Existem casais que não se amam, não se gostam e querem mais é distância. Não há fé que mantenha duas pessoas que não se gostam mais juntas. Não estamos, de forma alguma, questionando o poder da fé de quem está no namoro, ou as crenças. Nem queremos ofender. Mas se você está em uma relação apenas e somente por causa de sua religião, é hora de seguir alguns conselhos bíblicos:

Coríntio, 16:14 – Todas as vossas coisas sejam feitas com amor.

Coríntio 5:17 – Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

Você é capaz de ter suas necessidades satisfeitas no relacionamento sem muita dificuldade?

Se ter suas necessidades individuais satisfeitas precisa de muito esforço, então o relacionamento está fazendo mais mal do que bem. É hora de terminar antes que as coisas piorem, principalmente se cada pedido seu se transforma em discussão ou briga.

Você realmente gosta da sua parceira ou parceiro e ele ou ela gostam também de você?

Eu sei que soa muito básico, mas eu vi pessoas que não se suportam se comprometer em um relacionamento que não tem futuro. Se você não gosta mutuamente um do outro, vocês não devem estar juntos.

Você se sente uma atração exclusiva para quem está com você?

A maioria das pessoas dizem que só personalidade importa, não o que está do lado de fora. Eu discordo. A intimidade física é uma necessidade em qualquer relação. Se não houver faísca, não há nenhum motivo para seguir com a relação, principalmente se você se percebe flertando com outras pessoas ou suspirando quando acha que alguém foi um pouco mais “simpática” com você.

Sua parceira ou parceiro apresenta qualquer comportamento que torna a relação muito difícil para você? Você acha que seu parceiro ou sua parceira não quer ou é incapaz de mudar?

Tem coisas que a gente tolera, de outras corremos. É hora de mudar ou você precisa cair fora do relacionamento. Tentar tolerar o intolerável só vai corroer sua auto-estima. Parceiros preconceituosos, ciumentos demais, obsessivos, são coisas que dificilmente mudam. E você tem que lembrar que às vezes, será necessário que os dois lados do relacionamento mudem para que dê certo.

Vocês dois compartilham gostos e preferências?

É tudo uma questão de compatibilidade. Se você não for compatível, você é melhor fora com outra pessoa. Por exemplo, se você gosta de baladas e a pessoa que está com você só gosta de ficar em casa, conflitos pesados vão aparecer no meio do caminho. E é muito difícil forçar uma pessoa ou até ensinar uma pessoa a gostar do que você gosta.

Você e seu parceiro se respeitam?

Sem xingamentos, ofensas, traições, mentiras. Sem respeito, não há relação. Sequer há confiança.

Você pode contar com seu parceiro ou sua parceira nos momentos difíceis?

Um relacionamento é para melhorar a sua vida, não para acabar com ele. Se você sente que cada dia é uma luta para manter o relacionamento, caia fora antes que suas energias se esgotem ou você tenha que passar por um momento difícil sozinho.

Será que o seu relacionamento tem a capacidade do perdão?

Nenhum relacionamento é perfeito, e haverá momentos em que você vai pisar no pé do outro. Isto é perfeitamente normal. Mas quando não há a capacidade de perdão, o ressentimento se constrói lentamente até que ele substitui o amor. E aí, é quando você vai começar a acumular as coisas até explodir, o que não é nada legal. Não deixe que chegue nesse nível.

Você e seu parceiro têm objetivos e sonhos mútuos para o seu futuro juntos?

Se vocês não estiverem planejando passar o seu futuro juntos, algo está terrivelmente errado. Caia fora antes que seja tarde até demais.

Não é fácil terminar um namoro, e nem deve ser sua primeira opção. Mas esgotados os questionamentos, pergunte-se se terminar o namoro, principalmente longo, é a decisão certa a tomar. Deixe nos comentários suas dúvidas, seus pedidos de conselhos, e faremos o que estiver ao nosso alcance para ajudar.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)