Você sabia que a principal causa do cheiro desagradável nos pés – cheiro mais conhecido como chulé – é a umidade excessiva na região? A umidade pode ser causada tanto pelo suor em excesso, associado ao tipo de meia e calçado utilizado, quanto pelo descuido na hora de secar os pés após o banho, favorecendo a proliferação de fungos e bactérias responsáveis pela eliminação dos odores.

O chulé pode acometer pessoas de todas as idades e sexos, mas é mais frequente entre o sexo masculino, já que por causa do hormônio testosterona os homens produzem mais suor e possuem o hábito mais frequente de usar sapatos fechados e meias. A incidência do chulé em mulheres é menor pelo hábito do uso de sandálias que deixam ventilar os pés, e muitas vezes pelo cuidado semanal que é realizado em pedicures.

Acabar com chulé

Causas e soluções para o chulé

Sabemos do prejuízo social que este cheiro desagradável pode causar, não é mesmo? Estando entre amigos, com a namorada, na hora de experimentar um sapato, é bom para todos que o chulé não esteja presente!

Selecionamos 8 passos básicos para acabar com o chulé para sempre:

  • É preciso lavar os pés todos os dias com água e sabonete para a retirada do suor e do mau-cheiro anterior. Um ótimo aliado na hora da lavagem é a bucha vegetal que ajuda a eliminar possíveis resíduos de pele morta (as bactérias adoram estes resíduos!).
  • Mas não basta somente lavar os pés e esquecer-se de secá-los. É necessário o uso de uma toalha para secar os pés, os dedos, e entre cada dedo. Secar os pés com cuidado ajuda inclusive a prevenir frieiras e micoses.
  • Nunca use sapatos ou tênis sem meias! O suor produzido não será absorvido pelo sapato, fazendo com que apareça a sensação de que o pé está quente e molhado. Após a retirada dos sapatos você se livrará da sensação tátil, mas não da olfativa!
  • As meias devem ser trocadas todos os dias, e de preferência ser de algodão, pois absorvem melhor o suor e deixam o pé respirar, ao contrário das meias sintéticas que retém toda a umidade e calor, deixando os pés quentes e sufocados!
  • Se você tiver uma variedade maior de sapatos, o ideal é que seu uso seja alternado. Deixe o sapato do dia anterior “descansando”, de preferência ao sol, pois ele ajuda a secar a umidade e a eliminar o mau cheiro impregnado.
  • Usar tênis e sapatos somente quando necessário. Não faz sentido usá-los dentro de casa, ou permanecer com eles após chegar do trabalho. Dê folga aos pés e opte por um chinelo confortável!
  • Ao menos uma vez por semana faça uma esfoliação nos pés, ela complementa a lavagem e a eliminação das células mortas adoradas pelos fungos e bactérias.
  • Você pode também optar por utilizar aqueles talcos próprios para os pés. Eles ajudam na absorção da umidade, e algumas substâncias anti-sépticas auxiliam na eliminação das bactérias.

Reforçando as nossas dicas, assista abaixo um vídeo com a visão de uma especialista sobre as causas do chulé o que fazer para acabar com ele!

 

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

18 comentários para “Dicas rápidas para acabar com o chulé”

  1. Rafael

    Oi pessoal, falo com convicção pois já experimentei quase todas essas receitas caseiras da internet, como bicarbonato de sódio, limão, lysoform, talcos, tenys pé, antitranspirantes e outras e nenhuma delas adiantou ou na melhor das hipoteses acabava o chulé apenas durante o dia que usava mas depois voltava igualzinho como antes.
    Todavia existe uma que realmente funciona e para mim foi a unica que acabou definitivamente com o meu chulé que era fortissimo e isto sem precisar lavar os sapatos e trocar as meias diariamente que é a seguinte receita:
    -Coloque em um pulverizador um vidro de Pinho -Sol de preferência aquele original, mais forte o amarelinho (mata 99, 99% dos fungos, germes e bacterias) e um frasco de Leite de Rosas 150 ml e complete com 100 ml de água e misture tudo. Feita a mistura pulverize ou encharque espalhando por todo a area dos sapatos e deixa secar de preferência no Sol por três horas ou mais, se não der tempo de secar pode usar molhado mesmo. Feito isto é só usar os sapatos, se o chulé persistir repita o procedimento por mais uma ou duas vezes e depois adeus chulé. Acreditem é a melhor receita que existe a unica que realmente funciona. No meu caso funcionou mesmo sem ter lavado os sapatos e olha que não troco de meia todos os dias. Esta receita funciona porque o Pinho Sol é um desinfetante que mata quase todos os fungos e germes e o chulé é um fungo que se prolifera e o Leite de Rosas e um desodorante que também faz a limpeza profunda da pele.
    Podem experimentar e depois me postem os resultados. Abraço a todos

    Responder
  2. Daniel

    Esse receita caseira, são três produtos, o pinho-sol quantos ml? E o leite de rosas quantos ml?

    Responder
    • Gabriela

      Coloque em um pulverizador um vidro de Pinho -Sol de preferência aquele original, mais forte o amarelinho (mata 99, 99% dos fungos, germes e bacterias) e um frasco de Leite de Rosas 150 ml e complete com 100 ml de água e misture tudo. Feita a mistura pulverize ou encharque espalhando por todo a area dos sapatos e deixa secar de preferência no Sol por três horas ou mais, se não der tempo de secar pode usar molhado mesmo. Feito isto é só usar os sapatos, se o chulé persistir repita o procedimento por mais uma ou duas vezes e depois adeus chulé. Acreditem é a melhor receita que existe a unica que realmente funciona. No meu caso funcionou mesmo sem ter lavado os sapatos e olha que não troco de meia todos os dias. Esta receita funciona porque o Pinho Sol é um desinfetante que mata quase todos os fungos e germes e o chulé é um fungo que se prolifera e o Leite de Rosas e um desodorante que também faz a limpeza profunda da pele.
      Podem experimentar e depois me postem os resultados. Abraço a todos

      Responder
      • Equipe Beleza Masculina

        Gabriela, bem perigoso isso aí, principalmente porque o pinho sol não é um produto para higiene pessoal, e pode causar severas reações alérgicas. Consulte um dermatologista para dar uma solução permanente e sem riscos para sua pele!

  3. Beatriz

    Daniel quantos ml de de produtos que coloco o pinho sol e o leite de rosa

    Responder
  4. Gilberto

    Uma dica pratica e barata que solucionou meu problema foi o uso de desodorante (roll-on) antes de colocar a meia, e sempre que trocar de calçado trocar de meia, deixar os pés ao sol também ajuda e muito.

    Responder
  5. Carollyna

    Vou experimentar a dica do Rafael, com certeza. ;)

    Responder
  6. Jessica

    O que é pinho sol alguém pode me dizer sff?

    Responder
  7. Patricia

    Rafael muito obrigada por sua dica, resolveu meu problema rápido, fácil, barato e de quebra o sapato ainda fica cheiroso… Muito obrigada!

    Responder
  8. Bruno Eduardo

    Oi onde eu comppro esse leite de rosas?

    Responder
  9. Rosi

    Gente… Essa receita é surreal… Acabou mesmo com o chulé do meu filho e olha que a gente brigava muito cada vez que ele chegava da aula… Passei no tenis e no pé dele tbem… Ficou soltando umas pelezinhas do pé por um tempo… Mas e daí… O importante é que definitivamente acabou mau cheiro nesra casa… Muito obrigado Rafael

    Responder
  10. Pedro

    Amanhã mesmo vou compra o pinho sol e o leite de rosas… Em breve dou o resultado

    Responder
    • Equipe Beleza Masculina

      Olá Pedro,

      Testa e conta pra gente!

      Responder
  11. Adriana

    Seu comentário…Amei a receita, meu pé estava podre de chule passei acabou o mal cheiro obrigada…

    Responder
  12. William

    Vou fazer esta receita amigo grato.

    Responder
  13. Leonardo

    Uma receita infalível que usamos para nosso filho foi colocar 70% de água sanitária e 30% de álcool em um spray, aplicar dentro do calçado após o uso.

    Responder
    • Equipe Beleza Masculina

      Que super dica Leonardo! Obrigado!

      Responder
  14. Jeferson

    Vou fazer essa receita aí vlw galera

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)