Um bom homem sabe que temos nossos momentos de fraqueza, principalmente com nossas ex namoradas. Algumas delas, nem nos importamos tanto. Porém, sempre tem aquela ex especial que quando encontramos na rua, ficamos um pouco abalados. E se ela pedir pra voltarmos pro namoro, esquecemos de tudo que passamos de dificuldades e saímos correndo para os braços dela de novo. Isso nem sempre é uma decisão muito sábia.

Voltar com uma ex é algo complicado. Pense que vocês terminaram por um motivo. E se esse motivo ainda existir, por mais estúpido que tenha sido, a relação está fadada a fracassar novamente. Você também tem que parar e pensar nas parcelas de culpa do término: se você teve a responsabilidade, você tem que ter mudado o que causou o final do relacionamento. Se no caso foi um comportamento dela, ela também tem que ter mudado.

Você tem que evitar voltar pra uma relação por comodismo ou carência. É hora de deixar o coração de lado e ser racional. Coloque em um papel tudo que vocês passaram juntos, de bom e de ruim. Pense se você está bem com você mesmo e quer dar mais uma chance pra relação ou se está fazendo isso por pena ou porque é cômodo voltar com ela. Em muitos casos, é possível ver logo nas primeiras palavras escritas se  é comodismo ou se realmente vale a pena mais uma tentativa.

Nós, homens, temos também uma tendência muito grande a pensar no lado sexual de uma relação. Se o sexo foi bom, queremos repeti-lo muitas vezes. Nessa hora, temos que pensar que sexo constitui, no máximo, 10% de uma relação saudável. Os outros 90% são conversas, momentos românticos, discussões saudáveis, programas de casais e o lado individual de cada um na relação. De nada adianta ter uma atriz pornô na cama e quando vocês forem conversar ter uma atriz de cinema mudo ao seu lado. Acredite, isso vai fazer falta.

Voltando com a ex

Pense bem não só com o coração e também com sua cabeça para saber se voltar com sua ex é realmente a melhor decisão para sua vida. (Foto: winningbackanex.com)

Uma namorada também significa que você quer alguém do seu lado, uma companheira. Se antes ela não queria fazer parte de sua vida, compartilhar hobbies, gostos e até os amigos, ela tem que querer nessa nova tentativa. O mesmo vale para você. Ela irá ceder para ir assistir ao jogo de seu time de futebol favorito. O que custa pra você ficar assistindo um filme romântico com ela? Companheirismo vale ouro e é muito difícil de achar nos dias de hoje.

Não é fácil mandar no seu coração, muito menos mudar o sentimento quanto a um amor do passado que ainda vive dentro de você. No fim das contas, o sentimento poderá ser o ditador da nova chance ou não. Talvez seja necessário o “novo” relacionamento para que você tenha certeza de uma dúvida do passado.

Mas depois, não diga que não te avisamos.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)