Praticar esportes está em qualquer cartilha que dê dicas para manter a saúde. Qualquer atividade física em geral ajuda, especialmente se for recomendada por um profissional de saúde. Devido a dores e incômodos nas costas, especificamente na região lombar, fui aconselhado por um médico ortopedista a praticar Pilates. De acordo com o médico o Pilates ajuda a corrigir questões relacionadas a postura que influem diretamente na coluna, podendo causar doenças graves a longo prazo.

Neste artigo compartilho as primeiríssimas impressões que tive dos exercícios após fazer algumas aulas experimentais nas academias da cidade. Assim que tiver escolhido uma delas para me matricular e efetivamente começar as aulas semanais, escreverei um artigo a respeito do que deve ser levado em conta ao escolher uma clínica \ academia para fazer sessões de Pilates.

Nas várias academias em que fui, os exercícios iniciais são basicamente os mesmos e bem genéricos, especialmente porque ainda não passei pela avaliação física. Em todo caso posso fazer comparações com relação ao que já havia feito antes nas academias de musculação. Tentando deixar de lado as impressões causadas pelo fato de ser uma novidade, posso afirmar que os exercícios de Pilates são muito melhor direcionados ao objetivo que se determina. Além disso as turmas são pequenas e há sempre um instrutor lhe acompanhando o tempo todo. Em geral as turmas não passam de 3 alunos.

A grande diferença em relação a uma academia de musculação é o acompanhamento próximo e constante que você tem. No Pilates você está o tempo todo em conjunto com um instrutor, analisando e corrigindo sua postura em cada um dos exercícios. É incrível como uma por exemplo uma pequena, quase imperceptível mudança de posição tornar um exercício aparentemente fácil em algo que requer muito esforço. A correta posição em cada exercício é um dos fatores que fazem o Pilates dar um bom resultado. Outro item que é exigido é o controle da respiração em cada fase do exercício com o intuito de fortalecer o conjunto certo de músculos.

Pilates emagrece?

Pilates parece difícil... e no início é mesmo!

Pelo nível dos exercícios em relação ao que vemos nas academias, o Pilates é mais tranqüilo e harmônico. Queimar calorias definitivamente não é foco da atividade. Por este ponto de vista acredito que o Pilates não emagrece, mas define bem o corpo sem lhe deixar musculoso demais, apenas normal.

Os preços variam muito, e são mais salgados em relação ao que se paga em uma academia de musculação. A justificativa é que o acompanhamento quase particular exige que o profissional de fisioterapia se dedique a cada aluno durante toda a aula.

Ainda este mês já terei tomando uma decisão sobre qual estabelecimento irei freqüentar e colocarei aqui as minhas impressões. Espero que o artigo lhe seja útil!

 

 

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)