Vejo muitos homens reclamando sobre seus relacionamentos, mas poucos estão dispostos a aprender como melhorá-los. Principalmente, quase nenhum deles está disposto a dialogar.

Em primeiro lugar, não espere ninguém ser responsável pela sua felicidade. Pergunte a si mesmo por que você não está feliz. É muito comum que os relacionamentos acabem porque alguém está infeliz e fica culpando o parceiro. Ainda mais quando falamos de homens, que raramente assumem a responsabilidade do que fazem. Sua vida está sob seu controle e em um relacionamento, tudo é um balanço: saiba equilibrar o bom e o mal, dar e receber.

Ao deixar claro os limites e os acordos, você não só respeita as diferenças como também deixa a individualidade aflorar. Afinal, o que faz da pessoa alguém não é só o que vocês constroem juntos, mas tudo que faz da pessoa o que ela é. Respeite os encontros com as amigas, mas construa uma rotina conjunta. O combinado nunca sai caro e respeito é bom e todo mundo gosta.

 

Aceitando as diferenças

As chances são muitas de que você já vivenciou muitos conflitos e ainda vivenciará muitos. O que difere os homens dos meninos é a capacidade de lidar com isso e dialogar com sua parceira, buscando soluções viáveis e saudáveis para ambos. (Foto: iamcyatibarra.blogspot.com)

Principalmente para os homens: comuniquem-se! O diálogo é a melhor solução para todos os problemas. Não é porque você gosta de A que ela tem que concordar com você. Você pode escolher estar certo sempre ou ter um relacionamento bem sucedido, nunca os dois. Ter um relacionamento saudável significa chegar a um acordo mútuo, juntando a experiência e humildade de ambos em um lugar comum em que ambos estão felizes. Quando ninguém chegar a lugar algum, tenha certeza de que os dois estão muito errados nessa história.

Todo relacionamento é também um aprendizado onde ambos contribuem. A ferramenta principal para este aprendizado são a sinceridade e a cumplicidade. Mesmo que as verdades doam, elas devem ser preferidas em detrimento de mentiras que protegem. Confiança um no outro cria alicerces que dificilmente serão destruídos no futuro. E quando um dos lados errar, aprenda a perdoar. Mas não para guardar esse perdão e jogar na cara da pessoa futuramente. É deixar o passado e focar no presente. Com seus erros e acertos, você aprenderá a ser uma pessoa melhor. E também respeitará os momentos em que sua companheira precisará ficar sozinha para poder entender os motivos e razões para os erros e acertos, além de aceitar pedidos de desculpas.

Por mais realistas que possamos ser, criamos expectativas sobre as pessoas que podem não ser tão realistas. Portanto, reveja seus objetivos na relação constantemente. Entretanto, seja claro com sua parceira de seus objetivos, desejos e expectativas sobre a relação. Afinal, todos precisamos de amor, intimidade, afeição e suporte de quem amamos. Nada melhor do que compartilhar sonhos para atingir este objetivo.

Ser responsável em uma relação é aceitar a si mesmo e a sua companheira. É ter a habilidade de responder as necessidades sem culpar os outros. É saber pedir desculpas e dialogar quando o que você mais quer é jogar alguém longe.  É controlar seu ímpeto e admitir os erros, pedindo desculpas. Quando estamos de cabeça quente, falamos e pensamos nas coisas mais horríveis possíveis. Peça um tempinho para pensar a sua companheira, organizando as idéias do que você acha que pode melhorar e do que você quer que mude. Pense de cabeça fria.

O núcleo familiar

Um relacionamento saudável constrói um núcleo familiar estável, capaz de agregar pessoas e felicidade em níveis extraordinários. Tudo isso depende de você e do trabalho em grupo que você é capaz de criar. (Foto: safeharborshelter.com)

O tempo que vocês passam juntos, independente do quão ocupados vocês são, deve ser sagrado e especial. Encontre e descubra os programas que vocês amam compartilhar, por mais simples que seja. Riam juntos. A maior parte dos relacionamentos são feitos de conversas e de bom humor. Consequentemente a intimidade gerará uma vida sexual muito melhor. Aliás, seja realista quanto a isso: os filmes pornôs não ensinam muita coisa que pode ser usada na vida real. Converse com sua parceira e descubra o que a deixa excitada, assim como você também pode mostrar isso pra ela. Faz uma grande diferença.

Quando estiver estressado, busque uma válvula de escape. Video games, caminhadas, esportes. As ferramentas são várias e impedirão que você desconte o stress em uma das pessoas que você mais ama.

Acima de tudo, apoiem-se mutuamente. Se sua parceira quer voltar para a faculdade, organize sua agenda para poder levá-la e buscá-la na escola. Se ela não está feliz com o trabalho e quer sair para se dedicar a outras atividades, faça um planejamento financeiro conjunto para que isso seja possível. Deixe claro o quanto você ama a pessoa não só com palavras, mas atitudes que demonstram que você não é apenas um amante, mas também um grande amigo. Seja o fã número um da sua mulher. E ela será sua tiete favorita, vivendo felizes por um longo, longo tempo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)