Terminar com uma pessoa que gosta de você nunca é fácil. Geralmente, requer ter uma conversa não muito agradável, e é especialmente difícil quando seu parceiro não vê isso acontecer. E existem até aplicativos para te ajudar a terminar o relacionamento com alguém.

O que é ghosting?

Usar um aplicativo, mensagem, ou até um email é algo muito impessoal, uma rota mais cruel e algo que as pessoas passaram a chamar de Ghosting. Este é o processo de terminar um relacionamento romântico (ou platônico) cortando, bloqueando ou ignorando as tentativas de sua ex-parceira de entrar em contato com você. Basicamente, quando você está fazendo o Ghosting com alguém, você está terminando um relacionamento sem reconhecer, explicar ou informar seu parceiro de suas intenções.

O Ghosting pode deixar você confuso, frustrado e se sentindo desrespeitado enquanto busca por pistas para explicar o desaparecimento da pessoa. E, se você já sofreu com isso, você sabe como pode ser perturbador. Aqui estão alguns passos para ajudá-lo a superar seu caso de Ghosting.

Reconheça que você sofreu o Ghosting para aprender como superar esse processo

Um dos piores aspectos do Ghosting é o fato de que pode demorar algum tempo antes de perceber que você sofreu com ele. Enquanto você está esperando uma resposta, você irá questionar se a outra pessoa recebeu seus textos ou viu suas chamadas perdidas. Falhas de comunicação acontecem o tempo todo, então é possível que sua parceira pense que eles responderam, mas você nunca recebeu a mensagem.

Faça um telefonema amigável ou envie uma breve mensagem encaminhando para elas e lembre-as de que você tentou entrar em contato. Se você ainda não ouvir resposta dentro de alguns dias, é hora de aceitar o fato de você estar sendo alvo de um Ghosting.

Aceite que você está sendo alvo de um Ghosting

Lidar contra o fim de um relacionamento romântico nunca é um processo fácil. Mas quando você está sofrendo o Ghosting é mais difícil porque você tem de aguentar a falsa esperança. E sem aceitar que acabou, você pode se envolver em comportamentos focados em recuperar sua ex e prolongar seu sofrimento. O processo de recuperação começa com a aceitação do que aconteceu. A aceitação permite que a cura comece e facilite uma recuperação mais rápida do desapontamento.

O que é ghosting

O ghosting é uma tendência nos relacionamentos para a qual devemos nos adaptar antes que nos machuque. (Foto: Affair Handbook)

Não procure sua ex

A procura envolve ir a lugares com uma alta probabilidade de se deparar com uma ex-parceira. Ao fazê-lo, você fantasia que ela terá uma mudança de coração súbita e dramática depois de um encontro “coincidente”. Você vai adotar comportamentos de “assombração”, fazendo coisas como dirigir pela casa da ex-parceira ou monitorar os sites de redes sociais na esperança de ver que ela mudou os pensamentos.

Esses comportamentos de “assombração” são prejudiciais para sua recuperação por vários motivos. Primeiro, eles exigem que você gaste tempo e energia consideráveis ​​pensando sobre sua ex-parceira e o que elas estão fazendo. E quando você encontrar evidências de que ela mudou, você fará comparações desfavoráveis ​​com a sua vida e ficará revirando pensamentos sobre sua perda. Muitas vezes, a informação que você aprende é incompleta e você se torna mais curioso. Novamente, o foco está na sua ex, em vez de se concentrar em coisas que você poderia fazer para acelerar sua recuperação.

Procure compreender o Ghosting quando possível

Se você é solteiro e está se envolvendo em encontros, é provável que você tenha sofrido o Ghosting em algum momento. E quando isso acontecer com você, você ficou se perguntando o que aconteceu. É importante lembrar que as pessoas faze, porque querem evitar confrontos ou conflitos. Essas pessoas preguiçosas e imaturas esperam que o problema simplesmente desapareça se evitarem a outra pessoa para sempre.

Claro, a evitação da parceira deixa você se perguntando o que provocou a mudança, em primeiro lugar. Às vezes o motivo do fim da relação é claro. Talvez tenha havido um desacordo ou disputa levando à decisão da sua parceira de sumir. Se assim for, faça-se as perguntas difíceis e tenha a coragem de respondê-las com sinceridade. Talvez você tenha feito algo ou disse algo que alienou sua parceira e contribuiu para a dissolução. Avalie esses comportamentos e por que eles ocorreram. Foram comportamentos situacionais, comportamentos habituais ou características de personalidade?

A compreensão dos comportamentos e características de personalidade que levaram ao conflito permitem que você aprenda com a experiência. Talvez você reconheça como você poderia ter se comportado de forma diferente. Ou o conflito foi o resultado da objeção da sua parceira a algo que você faz ou acredita. Nesse caso, você perceberá que faria exatamente a mesma coisa novamente e conclui que suas personalidades são incompatíveis.

O Ghosting nem sempre tem a ver com você

Às vezes, a decisão de acabar com um relacionamento não é por sua causa. A tecnologia torna as coisas para as pessoas mais simples do que nunca. Aplicativos de encontros fornecem um catálogo infinito de pessoas disponíveis. E quando você tem muitas opções, torna-se mais difícil escolher e ser feliz com isso. Saber que essas escolhas existem pode tornar mais difícil para as pessoas se comprometerem e permanecerem comprometidas com seus parceiros. O fantasma também é comum quando um relacionamento de vai e volta aparece pedindo por outra chance. Ou talvez sua parceira estivesse saindo com outras pessoas e as coisas se tornaram mais sérias com uma delas.

Essas explicações não justificam o Ghosting ou tornam essa maneira aceitável de terminar um relacionamento. Porém, elas diminuem seu fardo. Se não houvesse um óbvio desacordo ou desapontamento do qual você se arrepende, pegue leve com você mesmo porque a culpa não foi sua.

Concentre-se em você e não perca a esperança

Depois de sermos vítimas de um Ghosting, muitas pessoas entram em desespero e buscam freneticamente seus próximos encontros. Na verdade, isso pode tirar o foco do Ghosting, mas aceitar uma nova parceira indesejável, mas disponível, pode ser ainda pior. Em vez disso, concentre-se em ser um melhor você e aproveite seu tempo extra com amigos e familiares. Seja solteiro até encontrar alguém que valha a pena e combine com você.

Você já sofreu com o Ghosting? Como lidou com isso?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)