Não há tamanho que decide se alguém é bom para o rúgbi ou não. Se você de uma olhada para um campo durante uma partida, você certamente vai notar uma grande variedade de formas de corpo e alturas, mas todos os jogadores têm algo em comum, eles estão aptos e bem preparados para a quantidade de esforço e velocidade necessária em campo.

Antes de mais nada, o rúgbi é um esporte similar ao futebol americano. É costume que os adeptos do rúgbi brinquem que o esporte é o futebol americano, só que praticado por homens. A diferença já começa que o máximo de proteção que um jogador de rúgbi usa é uma proteção para a cabeça e orelhas, proteção para os dentes e proteção para os órgãos genitais.

No Brasil, o esporte tem ganho um pouco de popularidade, principalmente com o patrocínio oficial da Topper para o esporte. Estamos ganhando espaço no cenário latino americano, mas ainda falta muito para chegarmos perto dos grandes times.

A ideia do rúgbi é simples: com uma bola oval, você tem que chegar ao outro lado do campo em algumas tentativas. Você não pode arremessar a bola para frente, só pode fazer passes para jogadores que estão atrás de você. Um jogador só pode jogar a bola para frente com chutes. Esse é o básico do esporte, e há muitas regras que você pode aprender com uma pesquisa rápida na internet.

A fim de evitar as fraquezas de todos os tipos que podem se manifestar durante os jogos ou entre eles, um jogador de rúgbi deve ser forte em todas as partes de seu corpo e rápido também. Deve haver um equilíbrio entre os diferentes grupos de músculos do corpo e da coordenação neuro-muscular, uma certa flexibilidade que irá ajudar o jogador a evitar lesões nos casos mais críticos do jogo. A capacidade de dominar os movimentos corporais é outro elemento fundamental, sem esses, o jogador não pode jogar corretamente. Por isso, só praticar sua força não irá te ajudar a alcançar a destreza.

Rúgbi como esporte

Para praticar o rúgbi, esteja preparado para muitos lesões, trabalho físico e muita virilidade. (Foto: curitibainenglish.com.br)

Para se certificar de que todos os requisitos acima mencionados são verificados, você deve se preparar física e mentalmente em uma base regular de uma determinada maneira. Primeiro, há aqueles exercícios para melhorar a sua velocidade e agilidade. Um bom treinamento deve ser elaborado com uma equipe de profissionais: um médico, um fisioterapeuta e um profissional de educação física. Eles irão se complementar na hora do preparo de seu corpo para o jogo.

Duas horas diárias, sendo uma elas dedicada a treinos aeróbicos, é o ideal para um bom físico para o rúgbi. A seleção de exercícios que devem ser incluídas em seu treinamento semanal devem ajuda-loa atingir as principais qualidades que um jogador de rúgbi deverá ter para o desempenho: força, flexibilidade, velocidade, agilidade e resistência.

Um cronograma bem elaborado de treinamento regular, combinado com uma dieta adequada que irá ajudar seu corpo em uma base contínua é o segredo de alto desempenho não só no rúgbi, mas também em outros esportes diferentes, envolvendo as mesmas habilidades e físicas qualidades. Quanto ao treinamento mental, nada se compara a uma atitude positiva em relação a este esporte em particular, e seu próprio potencial em geral.

Compre uma bola de rúgbi, treine arremessos com amigos, treine corridas segurando a bola e treine chutes. Todos estes treinos e sua repetição irão te ajudar a alcançar um nível técnico mais elevado no esporte e assim, conseguir alcançar o nível desejado na prática.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)