Você sabia que as olheiras são a segunda reclamação mais recorrente nos consultórios dermatológicos? Elas estão somente atrás do problema da acne. As olheiras se tornam de fato um problema quando apesar de uma boa noite de sono e descanso suficiente elas insistem em permanecer no rosto. Mesmo se você não está cansado ou com sono, elas passam essa aparência de esgotamento, envelhecem e tornam opaca a expressão de quem sofre desse mal. A pele embaixo dos olhos, onde surgem as olheiras, é três vezes mais fina que a pele do rosto inteiro, e portanto, exigem um cuidado especial. Mas, se as olheiras surgem mesmo após uma boa noite de sono e descanso, quais podem ser as suas outras causas?

  • Hereditariedade: as olheiras azuladas embaixo dos olhos são vasos sanguíneos que podem ser vistos quando o sangue passa nas veias  próximas à superfície da pele. Essa é uma característica hereditária, e quanto mais clara for a pele, maior a visibilidade desses vasos sanguíneos, e portanto, das olheiras.
  • Alergias: coçar a região dos olhos com frequência provoca olheiras e inchaço na região abaixo dos olhos.
  • Anemia: a falta de nutrientes e do ferro contribuem para o surgimento de olheiras.
  • Idade: com o passar dos anos a pele fica mais fina e translúcida, favorecendo o surgimento de olheiras.
  • Medicamentos: remédios que provoquem dilatação dos vasos e aumentem o fluxo sanguíneo favorecem o aparecimento de olheiras.

 

Como tratar olheiras

Dicas e tratamentos para olheiras

Existem tratamentos paliativos, que disfarçam ou amenizam as olheiras do dia-a-dia, e os tratamentos definitivos, para casos persistentes de olheiras. Os tratamentos para tirar olheiras são:

  • O tratamento a laser para olheiras é o uso de feixes de luz que suavizam o tom mais escuro da pele, e corrigem pigmentações irregulares. A pele absorve os feixes de luz que quebram as camadas pigmentadas, fazendo com que a pele fique com a cor homogênea. O tipo de pele vai ditar o número de aplicações e o tipo de laser utilizado. Em média são necessárias três sessões de 40 a 60 minutos, com um intervalo de 10 a 15 dias entre cada sessão. Antes do tratamento os cirurgiões recomendam certos cuidados, como evitar bebidas alcoólicas e aspirinas, para evitar coágulos e inflamações. O pós-operatório exige aplicação de gelo para diminuir o inchaço, e distância de sol e maquiagens na região. O custo varia de R$ 2.500,00 a R$10.000,00, dependendo da clínica, do número de sessões e o tipo de pele.
  • Tratamentos caseiros ajudam a amenizar e prevenir as olheiras. Dentre eles estão as famosas rodelas de pepino nos olhos. Durante 15 minutos deixe uma rodela de pepino em cada olho, isso pode ser feito 3 vezes por semana e ajuda a diminuir o inchaço e aparência de cansaço da face.
  • Massagem com óleo de amêndoas na região das olheiras por 15 minutos suaviza a expressão e o inchaço.
  • Cremes para olheiras que contém vitamina K, vitamina C, vitamina E e retinol são comprovadamente eficazes no tratamento para olheiras.
  • Recentemente foi descoberto que cremes para hemorróidas auxiliam no tratamento para olheiras. O creme possui substâncias vaso constritoras, e assim os vasos sanguíneos são comprimidos e não deixam o sangue parado na região, diminuindo a coloração das olheiras. Entretanto, nesse cremes existe uma substância anestésica chamada Lidocaína, que deixa a região ligeiramente anestesiada e insensível, podendo gerar incômodo. Nesse caso, é melhor consultar um dermatologista e ouvir a sua opinião.
  • Maquiagens tais como corretivos, bases e pós-compactos podem ajudar a disfarçar as eventuais olheiras.

 

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Um comentário para “Saiba como tirar as olheiras”

  1. Enes

    Gostei muito!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)