A puberdade é o período em que o corpo passa pelas mais radicais mudanças, e isso implica também em muitos problemas desagradáveis, como as espinhas! A combinação hormônios + pele faz aumentar a quantidade de sebo e de glândulas sebáceas, gerando a oleosidade, que por sua vez gera a acne – cravos e espinhas. Só há como resolver tamanho transtorno indo ao dermatologista. Hoje em dia existem muitos tipos de tratamento que podem durar até seis meses, e que envolvem produtos de higiene facial para desobstruir os poros, e até remédios antibióticos via-oral, que reduzem a quantidade de bactérias na pele e a inflamação da acne. Mas antes de falar de cada um deles, algumas recomendações básicas devem ser seguidas:

Nunca esprema suas espinhas. Isso aumenta a inflamação, atrasa a cicatrização e pode deixar uma cicatriz eterna no local.

O sol não seca as espinhas, só agride ainda mais a pele. E já que falamos de sol, o protetor solar deve ser para peles oleosas, pois do contrário a oleosidade aumentará e muito!

Pasta de dente não seca as espinhas, o uso de pomadas e outros cremes gordurosos somente obstruirão ainda mais os poros.

Lavar e esfregar o rosto várias vezes por dia não adianta. Isso só ira estimular ainda mais a produção de sebo.

Uma dieta balanceada também influencia no tratamento da acne. Comidas gordurosas contribuem para o seu surgimento.

Tratar acne

Tratamentos para acne

Os tratamentos possíveis para a acne e que devem ser recomendados pelo dermatologista são esses:

Tratamento a laser: O laser atua profundamente na pele, onde estão localizadas as glândulas sebáceas. Através de um super aquecimento nesta região, estas glândulas diminuem sua atividade de secreção de sebo para a superfície da pele, melhorando a seborréia e a acne. O aquecimento também promove a formação de um novo colágeno, melhorando também as cicatrizes provocadas pela acne.

Fototerapia: Através da aplicação de uma fonte de luz na pele, 2 vezes por semana, em torno de 15 minutos cada sessão, a acne inflamatória reduz drasticamente num período de 2 meses. A bactéria propioniumbacterium acnes, presente na acne, é muito sensível a esta luz, sendo eliminada após aplicações recorrentes. A diminuição da população desta bactéria diminui a inflamação e o processo infeccioso da acne.

Asepxia é uma linha de produtos de combate a acne, tais como gel secativo, sabonete, lenços umidecidos, esfoliante, e maquiagem para disfarçar as manchas causadas pela acne. Esses produtos podem ser encontrados em farmácias e muitos dermatologistas os recomendam.

Peelings: Para o tratamento da acne e das manchas causadas por elas ele é feito com ácido salicílico e tretinoína. O peeling, de maneira geral, é um esfoliante mais potente, que visa a regeneração celular da pele de maneira mais rápida, pois acelera a descamação e a formação de novas células cutâneas. O uso de ácidos ajuda na descamação da pele, podendo penetrar nela mais profundamente que as esfoliações usuais. As manchas serão amenizadas na medida em que as camadas da pele forem se regenerando com a descamação provocada pelo ácido. O peeling pode se feito no consultório do dermatologista e cada sessão custa em média R$ 40,00.

 

 

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Um comentário para “Como acabar com as espinhas”

  1. Bárbara

    Usei o asepxia e fiz peeling e não adiantou nada, minha pele continua do mesmo jeito, com as mesmas marcas de espinhas.

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)