São tantos cosméticos e produtos de beleza no mercado que a nomenclatura deles pode nos deixar muito confusos. Ainda mais nós, homens, que estamos nos acostumando com esse tipo de coisa no nosso cotidiano. Mas um tipo desses produtos não pode sair de nosso repertório e devemos conhecer à risca: são os produtos relacionados à proteção da pele contra o sol.

O sol está associado principalmente ao envelhecimento precoce da pele e ao surgimento do famigerado câncer de pele. Por isso, todo cuidado ainda é pouco. As dicas gerais ainda funcionam: evite pegar sol entre 10 da manhã e 4 da tarde, não saia de casa sem proteger sua pele e por aí vai. Porém, vamos conhecer agora um pouco de cada produto e a função deles em proteger sua pele.

Filtro/protetor/bloqueador solar

O protetor/filtrobloqueador solar é uma loção, spray, gel ou produto tópico que absorve ou reflete alguns dos raios ultravioleta do sol (UV) sobre a pele exposta ao sol e assim, ajuda a proteger contra queimaduras solares. Pessoas que tem pele mais clara precisam de mais proteção do que aquelas que tem pele mais escura. Para ajudar na escolha do filtro solar certo, existe o Fator de Proteção Solar (FPS), que são aqueles números que aparecem na embalagem deste tipo de produto. No Brasil, ele varia de 2 até 60 e mede a proteção contra os raios UVB, responsáveis pelas queimaduras causadas pelo sol, mas não medem a proteção contra raios UVA. A pele, quando está exposta ao sol, seja em qual intensidade for, leva um determinado tempo para ficar vermelha.

Ao usar um filtro solar com um fator 20, por exemplo, a mesma pele leva 20 vezes mais tempo para ficar vermelha. Mas isso não significa que sua pele está protegida. Você precisa sempre que suar muito ou após entrar na água, renovar o filtro solar. Além disso, espere o tempo recomendado pelo fabricante para começar as atividades debaixo do sol após a aplicação. E use um fator maior para seu rosto, que tem a pele mais delicada, evitando assim problemas no futuro. A diferença maior entre o filtro/protetor e o bloqueador solar está em sua composição, mas todos eles tem a mesma função.

Protetor solar e bronzeador

O uso do protetor solar é mandatório para todas as pessoas. Já o bronzeador, deve ser usado com cautela e sob orientação de um dermatologista. (Foto: realage.com)

Pós-sol

Imagine que você passou o dia inteiro no sol ou alguns minutos sem filtro solar que resultaram naquela dolorida vermelhidão. Na frente do espelho, você está igual a um camarão. Até parece que você está com febre, de tanto que o vermelho no corpo está te queimando. Dormir, trocar de roupa e até tomar banho se torna muito difícil. Para isso, existem os produtos pós-sol.

Eles não foram feitos apenas para quem exagera. Na verdade, são cremes hidratantes com uma função de refrescar a pele, evitar que ela descasque e também, hidratá-la após um dia ou algumas horas debaixo de sol forte. Fórmulas com aloe vera e azuleno têm propriedades anti-inflamatórias e diminuem a sensação incômoda, sendo preferíveis em relação a outros produtos. Sempre os use após sair do banho e faça seu uso com frequência.

Bronzeadores

Ao contrário do filtro solar, loções bronzeadoras acelera, o processo de bronzeamento, através da promoção da produção de melanina ou aumentando o fluxo de sangue para a pele, aumentando assim a quantidade de melanina que é trazida para as camadas superiores da pele. Tais loções não contêm filtro solar e não oferecem proteção contra o sol.

Note que expondo a pele lubrificada à radiação ultra-violeta não é aconselhável, pois isso irá aumentar a probabilidade de danos para a pele. Órgãos de saúde advertem que o uso de cosméticos que fazem a pele mais sensível aos raios UV facilitam o aparecimento de doenças e danos à pele. Portanto, só use esse tipo de loção apenas e somente antes das 10 da manhã e depois das 4 da tarde, e por pouco tempo. Quanto menos tempo exposto, melhor para saúde de sua pele.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)