Protetores solares ajudam a protegê-lo da perigosa radiação ultravioleta do sol (UV) de duas maneiras. Alguns trabalham pelo espelhamento da luz, refletindo os raios para longe de seu corpo. Outros absorvem os raios UV antes que eles atinjam sua pele.

Alguns anos atrás, a escolha de um bom protetor solar significava que você só buscou um alto fator de proteção solar (FPS), que avalia quão bem o protetor solar protege contra um tipo raios UV, os ultravioleta B (UVB). O problema é que os raios UVA também aumentam os riscos de câncer de pele. Embora os raios UVA não causem queimaduras solares, eles penetram profundamente na pele, causando rugas e outros danos. Estima-se que até 90% das alterações cutâneas associadas ao envelhecimento são realmente causadas pela exposição de uma vida aos raios UVA.

Lembre-se também que existem filtros solares para o rosto e para o corpo, cada um com proteções diferentes.

Escolhendo o FPS certo

FPS significa Fator de Proteção Solar. Quanto maior o número do FPS, maior a proteção contra os raios solares UVB nocivos. O número SPF permite que você saiba quanto tempo você pode ficar fora do sol sem se queimar. Por exemplo, se leva 15 minutos para uma pessoa queimar, um FPS 15 irá permitir que você fique no sol 15 vezes mais tempo sem queimar.

Um FPS 15 ou superior para a máxima proteção é recomendado. O FPS é disponível em níveis de 2-60. Mais alto significa que seja a melhor proteção? Não necessariamente. Um FPS de 50 apenas fornece proteção de 1% a 2% a mais do que um SPF 30. E ainda, quanto mais proteção, mais seguro você se sente para ficar debaixo do sol, o que é ruim.

UVA e UVB

O rótulo do filtro solar irá indicar UVA ou UVB. Os raios UVA são responsáveis ​​pelo efeito de envelhecimento do sol. No entanto, a exposição excessiva aos raios UVA podem provocar o câncer de pele. Os raios UVB são responsáveis ​​por queimaduras solares e câncer de pele. Escolha um produto que tenha proteção, mesmo que muito limitada, a ambos. E gostamos de lembrar que a proteção a raios UVA é mais limitada do que aos raios UVB.

Resistente à água ou à prova d’água

Se você está à procura de um protetor solar para usar enquanto estiver na água, escolha um protetor solar que seja “à prova d’água” ou “resistente à água”. Protetores à prova d’água devem oferecer proteção na água por 80 minutos, enquanto o “resistente à água” fornece apenas 40 minutos de proteção.

Escolhendo um filtro solar

Escolher o filtro solar certo para você pode demorar um pouco mais do que apenas a busca pelo maior fator FPS. (Foto: clydesaid.blogspot.com)

Protetor solar para crianças

A pele sensível dos bebês e crianças é facilmente irritada por produtos químicos em protetores solares adultos. Evite filtros solares com ácido para-aminobenzóico e benzofenonas como dioxibenzona, oxibenzona, ou sulisobenzona. Protetores solares infantis usam ingredientes com menos probabilidade de irritar a pele, como o dióxido de titânio e óxido de zinco. Ao contrário de ingredientes químicos, estes protegem a pele dos bebês sem serem absorvidos.

Para crianças com 6 meses de idade ou mais, procure um protetor solar projetado para crianças com um FPS 15 ou superior. Bebês com menos de 6 meses devem ser mantidos fora do sol o máximo de tempo possível.

Protetores solar para problemas de pele e alergias

Pessoas que têm pele sensível ou problemas de pele, também podem se beneficiar do uso protetores solares projetados para crianças. Prefira produtos com o dióxido de titânio ou óxido de zinco, em vez de produtos químicos como o ácido para-aminobenzóico, dioxibenzona, oxibenzona, ou sulisobenzona. Se você tem irritação na pele ou alergias, evite protetores solares com álcool, perfumes ou conservantes.

Pele oleosa ou seca

Protetores solares incluem hidratantes ou outros ingredientes para pessoas com pele seca ou oleosa. Produtos em gel são melhores para peles oleosas, enquanto produtos em creme são melhores para peles secas.

Aplique o protetor solar corretamente

É importante estar ciente de que o filtro solar não vai lhe fornecer a proteção adequada se você não aplicar corretamente e apenas cerca de uma em cada cinco pessoas, na verdade, o fazem em uma base diária.

Os adultos precisam aplicar uma mão cheia de protetor solar a cada duas horas. Não ache que uma aplicação solar funciona o dia todo. Além de usar um protetor solar bom, você ainda precisa tomar outras precauções, como permanecer na sombra sempre que possível, usar um óculos de sol com boa proteção aos raios solares, evitar o sol entre as 10 da manhã e as 4 da tarde, usar um chapéu com abas largas, usar roupas mais escuras e com tecidos firmes que oferecem melhor proteção solar e por aí vai.

O protetor solar funciona muito bem. Mas se proteger contra os raios ultravioleta requer muito mais do que protetor solar sozinho. Fica a dica.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)