Uma das modas mais recentes no mundo dos esportes são as roupas térmicas, também conhecidas como roupas de compressão. Sejam shorts, meias, ou blusas, é difícil participar de um evento atlético sem ver alguém usando uma dessas peças de roupa.

Como com todas as modas, as marcas que produzem esses produtos se vangloriam das propriedades de melhora para o desempenho graças ao vestuário. Mas há alguma ciência por trás dessas roupas térmicas, e é sobre isso que vamos falar..

Roupa térmica para treino: como funciona?

As roupas térmicas foram inicialmente desenvolvidas como um tratamento para distúrbios de inchaço no corpo, onde os membros incham como balões porque os drenos linfáticos do corpo não funcionam corretamente. A compressão das roupas térmicas foi adotada para tratar problemas vasculares também; Os médicos descobriram que as meias de compressão ajudaram a gerenciar varizes e a prevenir coágulos sanguíneos em pacientes acamados após cirurgias.

Meias de compressão realizar esta tarefa criando pressão positiva através das várias válvulas unidirecionais nas veias do sangue. A diferença na pressão entre o tornozelo e o joelho encoraja o sangue nas veias a fluir de volta para o coração e contra os efeitos da gravidade, o que pode fazer com que o sangue se junte nas veias de pacientes imóveis.

Mas não demorou muito para que os esportistas começassem a se interessar pelos efeitos da compressão graduada no desempenho de resistência. Os cientistas das mecânicas do corpo começaram a investigar se as meias de compressão tinham algum efeito sobre o desempenho ou a recuperação, talvez estimuladas pelos shorts de compressão e outras peças de roupa térmica..

Funcionamento das roupas térmicas

As roupas térmicas ganharam grande popularidade, mas elas podem não funcionar tanto quanto você pensa. (Foto: Crossfit Clothes)

Para que serve a camisa térmica? A ciência por trás das roupas térmicas

Um dos primeiros estudos sobre o assunto, relacionando a dor e as roupas térmicas, não mostrou nenhuma diferença em qualquer variável entre as meias térmicas e meias regulares. Porém, em um experimento mais longo, a roupa térmica mostrou uma diminuição acentuada na dor para usuários das meias térmicas. Houve uma ligeira tendência para tempos mais rápidos e menores frequências cardíacas entre aqueles que usavam roupas térmicas, mas nada muito significativo.

Roupa térmica e a resistência muscular

Para um segundo estudo, atletas foram colocados em testes de esforço máximo usando meias térmicas. Houve uma ligeira melhora na resistência durante o teste. Analisando todas as variáveis do teste, foi concluído que as meias térmicas aumentaram a eficiência mecânica dos atletas.

Roupas térmicas e a frequência cardíaca

Em mais um teste, as roupas de compressão não tiveram efeitos estatisticamente significativos no desempenho, mas como no primeiro estudo, foi vista uma economia e desempenho ligeiramente melhorados entre as pessoas que usavam roupas térmicas. Houve, no entanto, uma notável mudança desejável na freqüência cardíaca máxima, com atletas usando roupas térmicas tendo uma frequência de batimentos cardíacos ligeiramente mais baixa do que os corredores com roupas normais.

Roupas térmicas e acúmulo de ácido lático

O uso de roupas térmicas foi associado em estudos recentes com um nível menor de lactato no sangue. Isso significa que as roupas térmicas podem não melhorar o desempenho geral durante a prática, mas pode dar credibilidade a afirmações de certos fabricantes que as roupas térmicas são capazes de acelerar o tempo de recuperação, já que o lactato é menor no sangue. Isso significa menor acúmulo de ácido lático, e menos dores na recuperação.

Roupa para perda de peso: roupas térmicas ajudam a perder peso?

Com base nas pesquisas científicas séries existentes, podemos chegar a algumas conclusões sobre as roupas térmicas, inclusive sobre seu auxílio na perda de peso.

Primeiramente, todos os estudos falharam ao controlar o efeito placebo. Não havia nenhuma maneira de saber se a tecnologia fazia a diferença ou se era o atleta quem achava que a roupa estava dando a ele um melhor desempenho. Principalmente em atletas de elite, o efeito placebo é considerável. Basta lembrar do sucesso que os adesivos coloridos tem feito entre os esportistas, mesmo sem qualquer comprovação de sua eficiência. Pesquisas mais bem elaboradas tem surgido, mostrando efeitos consideráveis para a recuperação muscular e menor fadiga dos músculos.

Em segundo lugar, roupas térmicas, pelas pesquisas até agora desenvolvidas, são capazes de melhorar o tempo de recuperação dos esportistas. Isso significa que eles são capazes de aguentar mais tempo de exercícios e fazer mais esforços em menos tempo do que outros atletas. Considerando que a prática de exercícios é essencial para a perda de peso, e quanto mais tempo você se exercitar melhor será para atingir seus objetivos fitness, as roupas térmicas podem mostrar algum ganho no desempenho, resultando em uma maior perda de peso e ganho de massa magra.

Em terceiro lugar, todos os atletas que usaram as roupas térmicas nos testes já tinham algum tempo de treino moderado. As pesquisas não mostraram os efeitos sobre quem está apenas começando nos exercícios físicos.

Essas conclusões nos levam a uma pergunta:

Roupas para emagrecer ou roupas térmicas valem o investimento?

Uma coisa é clara: roupas térmicas não vão mostrar ganhos muito grandes no desempenho. Há alguma evidência que mostram que poderia aumentar seu desempenho em uma pequena quantidade, mas seu melhor uso é provavelmente em impedir a dor excessiva e os danos aos músculos causados por sessões mais pesadas de treinamento. Quem está se recuperando de uma lesão pode ter benefícios pelo uso das roupas térmicas.

Embora os efeitos sobre o desempenho não fossem consistentes entre os estudos que vimos aqui, um pequeno efeito protetor parece emergir: os atletas nos estudos mostraram ter mais energia após os testes, bem como menos dores, acelerando o tempo de recuperação e possibilitando a continuidade dos treinos mais rapidamente. Assim, se você estiver disposto a desembolsar o dinheiro para roupas de compressão, elas podem fazer alguma diferença na perda de peso. Mas apenas para atletas que já estão no nível intermediário ou avançado. Atletas iniciantes terão muito mais ganhos ao combinar uma dieta com uma rotina de exercícios saudável. Mas o fato é: roupas térmicas não vão te emagrecer drasticamente.

O que procurar em roupas de compressão?

Todos os estudos usaram roupas de compressão médicas, que são diferentes das roupas que você pode encontrar em sua loja de equipamentos esportivos local. Roupas de compressão de grau médico são classificadas de acordo com níveis de pressão, e você tem que conversar com um médico antes de sair usando as roupas de compressão. Se você está comprando roupas de compressão, a recomendação é o uso de roupas de compressão de grau médio.

Você tentou roupas térmicas? Quais foram os resultados?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)