Depois de uma visita a um estúdio de tatuagem, espero que você vá acabar com uma bela peça de arte corporal que vai durar a vida inteira. No entanto, várias complicações podem ocorrer após a tatuagem estar terminada. Você será mais capaz de decidir se você quer uma tatuagem por si mesmo se você sabe sobre o processo de tatuagem e seus perigos. Se você quer uma tatuagem, existem maneiras de reduzir o risco de efeitos secundários perigosos.

Antes de conhecer as tatuagens e o que podem ter de efeitos na sua pele e corpo, você deve primeiro saber como tatuagens são criadas. Seu tatuador vai usar uma máquina de tatuagem elétrica que usa várias pequenas agulhas descartáveis ​​para injetar tinta na derme, a camada inferior da pele. Ao contrário da epiderme (camada superior da pele), a derme não descasca, para que a tinta permanece permanentemente na pele. É por isso que tatuagens são tão difíceis de remover.

Aviso

Tatuagens podem causar problemas de pele, tais como granulomas (vermelhidão e cicatrizes causadas ​​por inflamação) e formação de quelóides, e podem provocar reações alérgicas, causando coceira. Estas reações alérgicas podem ocorrer sem aviso, anos depois de fazer a sua tatuagem. Fazer uma tatuagem também coloca você em perigo de contrair doenças como a AIDS, tétano, hepatite B e hepatite C (embora você possa reduzir o risco ao escolher um salão de tatuagem bom e com todos os documentos e vistorias em dia). Além desses problemas de saúde, as tatuagens podem causar um incômodo no consultório do médico. Não faça tatuagens sobre pintas, pois torna mais difícil de detectar crescimento canceroso. Se você receber um exame de ressonância magnética em uma parte de seu corpo tatuado, pode ocorrer inchaço ou ardor, embora esses efeitos não sejam permanentes.

Tatuagem nos pulsos

Se você fizer uma tatuagem bem feita, tomando os cuidados certos, com certeza não terá problema algum com elas. (Foto: hepsukan.blogspot.com)

Prevenção/solução

Você pode reduzir significativamente o risco de contrair uma doença ou o desenvolvimento de uma infecção da pele por meio de um salão de tatuagem que segue procedimentos de esterilização adequados. Verifique se o estúdio de tatuagem é licenciado pelo departamento de saúde local ou estadual. Além disso, pergunte se o tatuador usa agulhas descartáveis ​​e tubos e joga fora pigmentos usados ​​e bandejas. Um estúdio de tatuagem deve ter um autoclave (uma máquina que esteriliza instrumentos não descartáveis), e superfícies como mesas devem ser limpas com desinfetante. O tatuador deve lavar as mãos com sabão antibacteriano e usar luvas de látex. Depois de obter a sua tatuagem, o tatuador deve dar-lhe uma lista de instruções sobre como cuidar de sua nova tatuagem. Siga estas instruções para prevenir a infecção e perda de cor.

Considerações

Mesmo se você tenha quaisquer efeitos secundários, a sua tatuagem ainda será uma parte permanente de sua aparência. Se você se cansar dela, você vai ter que passar pelo processo de remoção de tatuagem, que é caro e doloroso. Também pode deixar cicatrizes para trás, onde a tatuagem costumava ficar. Mudanças em sua aparência também podem mudar a forma como a sua tatuagem parece. Se você ganhar peso, as estrias podem arruinar a sua tatuagem.

Potencial

Se você quer uma tatuagem agora, mas não para sempre, pode haver esperança no horizonte. Os cientistas desenvolveram tintas de tatuagem biodegradáveis ​​que são mais fáceis de remover do que tatuagens tradicionais e são consideravelmente mais caras. As partes que mais doem no corpo tendem a ser aquelas com poucas camas de gordura, como costelas, pés e peitos. Portanto, uma tatuagem no pulso vai doer. Mas com os cuidados certos, ela não oferecerá quase nenhum risco para sua saúde.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Um comentário para “É perigoso fazer tatuagem no pulso? E em outras partes?”

  1. Rafael

    Olá, só uma correção: Ninguem contrai AIDS, o que se contrai é HIV que pode, ou não, se tornar AIDS. A AIDS é apenas um estado mais grave do HIV.

    Até mais!
    Rafael.

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)