Parecer com a pessoa mais elegante no mundo é, talvez, o que todos vocês lá fora, sonham. Então, aqui vamos te dar dicas de como olhar elegante combinando roupas de forma criativa e sempre estar na moda.

Tente ter uma boa aparência de forma natural e instintiva

Faça um esforço para olhar bom quando você sair, para que você se tornar uma fonte de sedução. É mais sobre sua atitude, em vez de um conjunto de códigos e roupas. Sua personalidade encontra-se nos detalhes e o que você está vestindo. Em algumas situações, pode ser até sensato amenizar um pouco das suas características de personalidade com suas roupas.

Por exemplo, quem tem uma personalidade mais jovial e brincalhona, dificilmente vai ficar bem combinado com um terno sério e sem algum detalhe diferencial, como cores mais vivas. Já uma pessoa que tenha um semblante mais sério pode ser beneficiada por cores mais sóbrias e alguns realces coloridos, de forma a neutralizar um pouco a seriedade.

A sobriedade faz maravilhas

Quando o olhar é muito forçado, quando insistimos muito nisso, parece um vestido extravagante. Tente mantê-lo simples para evitar qualquer pesadelo fashion.

Não significa que suas roupas chiques devem ficar apenas no armário. Apenas que você tem que ser mais seleto nas combinações com elas, usando roupas que se “anulem”, deixando seu visual da forma mais neutra. Ou seguindo a regra de sempre destacar apenas UMA peça exótica na sua roupa: camisa OU calça OU blazer e por aí vai.

Conheça a si mesmo, seu tipo de corpo, o que lhe cai bem

Seguir e gostar de moda não significa necessariamente mudar o seu guarda-roupa a cada temporada. Você precisa saber o que funciona melhor para você. Tudo o que aparece nas revistas não funciona para todos.

A exemplo, um homem alto e com pernas longas pode não ficar muito legal com roupas muito apertadas, enquanto um homem de pernas e estatura mediana pode se dar bem com mais combinações. Faça testes e veja quais caimentos destacam melhor as qualidades de seu corpo e escondem melhor seus defeitos.

Combinando roupas sem gastar dinheiro

Diversificando um pouco as combinações, você pode fazer seu armário muito mais rico sem ter que estourar seu bolso. (Foto: fashioncouture.com)

Moda deve agir como um guia e não como um livro de regras para você

Você tem que olhar por cima das tendências, a fim de entender melhor sobre quais elementos deve adotar. Moda masculina deve ser um lugar de liberdade pessoal, onde você se inspira pelo que observa e adapta (ou não) para seu estilo pessoal.

Para cada temporada da moda, escolha uma peça de roupa que você acha que combina com você e vá desconstruindo a peça: combine ela em diferentes climas, com cores variadas, cortes específicos para seu corpo, combinações diferentes de roupas. Uma mesma peça pode ser usada o ano inteiro, independente da estação, e ser adaptada à moda apenas pela combinação de cores.

Não se prenda à um estilo particular

Você deve se vestir de acordo com a ocasião. Um terno não vai caber em uma festa na praia. Fazer o seu próprio estilo é diferente de procurar se clonar todos os dias. Você deve experimentar e se sentir confortável no uso de combinações diferentes para ocasiões diferentes. Uma coisa que costuma-se dizer aos roqueiros, por exemplo, é que “existe vida além do preto”. Principalmente em dias de sol. Aprenda que o branco e cores claras podem facilmente combinar com o estilo metaleiro.

Você precisa se sentir confortável com o que vestir

Isso não deve ser confundido com o olhar desleixado e despenteado. Use o que você está vestindo com graça. Usar uma roupa de marca genérica com confiança em vez de ficar desconfortável em um look de marca é sempre melhor.

Isso significa que você pode ter uma camisa de um brechó do ano passado e que ainda cai muito bem em você e continuar usando-a, desde que ainda tenha um bom caimento no seu corpo.

Combinações simples quase sempre são as melhores

Você pode ficar muito melhor que o colega lotado de roupas de marca simplesmente por estar usando o tipo certo de jeans com o tipo certo de camisa. Se você se esforçar demais em combinar roupas, além de ficar parecendo muito artificial, com certeza vai combinar as roupas de formas inadequadas.

A dica é tentar sempre pedir por roupas de cores sólidas e quando você sentir-se mais confortável, arriscar com roupas mais exóticas, como camisas de padrão xadrez.

Acessórios podem mudar a forma como as roupas combinam

Usar uma bota ao invés de um tênis, deixar a camisa pra fora ou a gravata mais solta. Detalhes podem fazer com que uma roupa mude completamente de personalidade. Para fazer isso, entretanto, é necessário que você saiba não fazer exageros. Afinal, acessórios não estão ali para roubar a cena, apenas complementar a parte mais importante da roupa: você.

A discrição é o mais importante no guarda-roupas de um homem

Ao contrário das mulheres, você não pode optar por cores mais fortes ou estampas emocionantes. É preciso reinventar a moda masculina de cores clássicas e os itens obrigatórios, como um ternos e calças. A novidade e inovação nas roupas masculinas vem de detalhes, do caimento correto, daquela barriguinha de cerveja que você malhou bastante para acabar.

Tamanho é documento!

Ou seja, você não pode querer andar com roupas largas ou extremamente apertadas. Isso pode significar visitas anuais a um bom alfaiate ou costureira, de forma a adaptar as roupas ao seu corpo, o que é mais um incentivo para você procurar manter o peso sob controle.

Considerações Finais

Tem que haver uma combinação perfeita entre elegância interior e exterior. Para uma boa aparência, você deve ser capaz de se sentir bem e com as roupas confortáveis. Não espere que depois de ler este artigo você vire um mestre em combinar roupas, mas comece do básico: preto, branco, azul, bege, marrom, cinza. Pegue uma roupa de cada uma dessas cores e veja quais combinações ficam legais em você. Com a experiência, você vai aprender o que está na moda e o que vai ficar feio no seu corpo.

Como vocês combinam suas roupas? Compartilhem dicas nos comentários abaixo!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Como combinar roupas de forma criativa e continuar na moda?”

  1. Everton

    Legal Eu Sigo Tudo Isso E Me Dou Bem!

    Responder
  2. Marcelo

    Obrigado, eu também já fui bobo de mais pensando que combinação de roupas/cores era coisa de mulherada. Pois não é mesmo!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)