Você pode escolher uma ampla variedade de desodorantes e antitranspirantes. O problema é que algumas pessoas desenvolve alergia a esses produtos, sejam eles em creme, roll-on, ou aerosol. Mesmo os desodorantes para peles sensíveis podem causar algum tipo de reação em quem tem maior sensibilidade.

Alergia a desodorante: sintomas

São sintomas de alergia a desodorante:

  • Pele vermelha e irritada na área onde o desodorante foi aplicado.
  • Coceira, queimação, e sensibilidade nas áreas onde o desodorante foi aplicado.
  • Olhos queimando e lacrimejando.
  • Espirros e nariz escorrendo.
  • Pele escurecida na área onde o desodorante é normalmente aplicado.
  • Dificuldade para respirar.
  • Ínguas (pequenos nódulos) inchados nas axilas, em alguns casos.
  • Formação de furúnculos e espinhas, em alguns casos.

Mas o que fazer quando você tem alergia ao desodorante, para não ficar com o cheiro ruim?

Alergia a desodorante antitranspirante: desodorante hipoalergênico

Existem desodorantes hipoalergênicos no mercado, que podem custar mais do que o dobro de um desodorante normal. Para garantir que você está comprando um desodorante ao qual não é alérgico, é recomendável consultar um médico alergista e fazer um exame de alergias. Nesse exame, será possível determinar quais são as substâncias às quais você é alérgico, e encontrar o desodorante que não contenha tais substâncias. Pode ser até que você descubra um desodorante não necessariamente hipoalergênico, mas que não te cause alergia, ajudando a economizar um bom dinheiro.

 

Tratar alergia a desodorantes antitranspirantes

A alergia a desodorantes é comum. A troca por meios mais naturais de controle de odores é recomendada para acabar com o problema, de uma vez por todas. (Foto: divulgação)

Alergia a desodorante: como tratar com desodorantes naturais? 

Se você está procurando um desodorante mais natural, há várias opções disponíveis. Por exemplo, o bicarbonato de sódio como desodorante é uma maneira simples para combater o odor corporal sem produtos químicos pesados.

Misture 1/8 de colher de chá de bicarbonato de sódio com um pouco de água, não dissolvendo completamente, e esfregue em suas axilas. Você também pode criar uma mistura de bicarbonato de sódio e amido de milho para combater o odor e ajudar a prevenir a umidade. Basta misturar uma parte de bicarbonato de sódio com seis partes de amido de milho e polvilhar um pouco sobre suas axilas (fica como um talco).

Se suas axilas ainda estão irritadas de uma alergia a desodorante, misture 1 parte aloe vera, 1 parte bicarbonato, e 1 parte óleo de amêndoas ou coco, aplicando sobre as axilas depois.

Suco ou óleo de limão como desodorante natural

O ácido cítrico no suco ou óleo de limão pode matar as bactérias causadoras de odores. Porém, você não deve aplicar o suco de limão ou o óleo sobre axilas raspadas recentemente ou sobre axilas que ainda estão irritadas. É necessário fazer uma mistura em uma proporção de 1 parte de óleo ou suco de limão para 3 partes de aloe vera ou algum creme hidratante para seu tipo de pele.

Desodorante: receita caseira!

Fazer o seu próprio desodorante é um processo simples e que permite personalizar seu desodorante às suas necessidades e preferências. Veja a nossa sugestão:

  • 1/4 xícara de bicarbonato de sódio
  • 1/4 xícara de amido de milho
  • 5 colheres de sopa de óleo de coco

Combine o bicarbonato de sódio e o amigo em uma tigela e misture com um garfo. Adicione as colheres de sopa de óleo de coco gradualmente á mistura, até formar uma pasta. Você pode armazenar o desodorante em um recipiente pequeno, hermético.

Você tem alergia a desodorante? Como tratou ou trata sua alergia? Quais são os cuidados que você tem com sua pele sensível?

 

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)