Ela chega no final de semana e te chama para ir ao shopping assistir a um filme que estreou. Você torce para que não seja o novo filme da saga crepúsculo e ela sugere uma comédia romântica. Um alívio. Você aceita, afinal, você terá outras oportunidades para assistir o filme do seu super herói favorito que acabou de estrear. Vocês combinam de ir ao cinema 4 horas antes da sessão começar, garantindo o ingresso online antes. Inocentemente acostumado com as pré-estréias de filmes, você acha que a antecipação é para não pegar filas. Ledo engano: ao chegar no shopping e caminhar pelos corredores você começa a perceber a armadilha. Lojas e mais lojas, de roupas, decoração, maquiagem. Até um pet shop. Algumas poucas gostam de uns eletrônicos.

Ela veio para fazer compras. E mesmo que você estivesse preparado para este momento, é uma parte crucial na vida todo bom ser humano do sexo masculino esperar que ela sacie a sede de compras. Mas não criemos pânico: há salvação.

Se você é experiente na arte da espera, já terá preparado seus livros pdf em seu tablet ou smartphone para leitura, inclusive separando algumas mp3 novas da sua banda favorita, um episódio daquele seriado que você acompanha e ela não gosta e alguns jogos. Alguns, profissionalizando a arte da espera, conseguem incluir até um video game portátil no kit de sobrevivência. Os amadores vão acabar cometendo o erro de utilizar tais ferramentas divinas continuamente, invocando a ira feminina e uma possível censura a sua jogatina. Tome cuidado.

Compras com a namorada

Para que você não fique igual aos rapazes dessa foto, a recomendação é que você se adapte melhor a situação e sobreviva da melhor forma possível às compras…da namorada. (Fonte: www.2dayblog.com)

Para que ela não fique chateada com sua jogatina, uma proporção 2:1 é necessária, ou seja: a cada duas lojas que ela visitar, em uma você se dedica aos eletrônicos. Em alguns momentos, a proporção deve variar bastante. E em dias delicados, mantenha acima de 5:1.

Uma outra questão que surge nesse segundo momento é: como fazer companhia a ela na loja?

O primeiro passo meu amigo, é pesquisar sobre moda. Sério. O filme “O diabo veste Prada” mudou meus conceitos. Provavelmente mudará os seus também. Saiba das novas tendências, o que combina com o que. Analise o guarda roupa da sua namorada e as roupas que ela usa no dia a dia para saber o que ela gosta. Com cuidado e combinando com as roupas certas, você pode até sugerir aquele corte de cabelo que você tanto queria que ela fizesse, mas nunca teve argumentos suficientes. Essa situação é mais ou menos como ser o melhor amigo gay dela. Mas faça questão de mostrar pra ela seu carinho de namorado com uns beijos surpresas em público, principalmente nas lojas de lingerie, disfarçando aquela olhada que você deu pela fresta da porta do provador de uma cliente qualquer da loja.

Dê várias sugestões e, em alguma ocasião, pague a roupa como presente. Sério. As recompensas são variadas. É uma conquista do coração dela no dia a dia e de uma forma que você nem imaginava.

Caso queira incluir mais uma técnica, após seguir as sugestões acima, você pode sugerir uma visita a uma loja de eletrônicos ou livraria. Quem sabe ela não retribui o presente? Melhor ainda, e se ela querer conhecer um pouco do seu mundo de quadrinhos, já que ela viu sei esforço pra pesquisar sobre moda, maquiagem e decoração?
De forma bem humorada, você está pronto para sua sessão cinema depois do lanche na praça de alimentação. Quem sabe depois dessa experiência você não passa a ver mais sentido naquelas comédias românticas que ela tanto gosta? Melhor ainda, quem sabe ela não sugere que vocês assistam a sessão do filme de super heróis?

Boa sorte parceiro!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)