A impotência é o grande fantasma da vida sexual masculina, sendo ainda mais temida que a ejaculação precoce! A impotência é sentida como o fim do mundo e desafio à masculinidade principalmente por homens que alimentam a ideologia machista de que devem estar sempre prontos e dispostos à relação sexual. Essa pressão social de que os homens devem manter um comportamento predatório, e sexualmente potente a todo momento é o que frustra os homens diante da impotência, e pode inclusive se tornar a causa do problema! Pessoas pressionadas e obrigadas a manter um determinado tipo de comportamento social e sexual podem naturalmente vir a falhar, respondendo com a impotência à falta de espontaneidade e desejo real. Mas essa é apenas uma das explicações. Homens que amam suas mulheres ou sentem desejo por elas e são espontâneos nas relações também podem passar por casos isolados de impotência, que são absolutamente normais.

A impotência é de fato um problema quando ela se torna recorrente e o pênis não responde ao desejo e à vontade sentidos realmente pelo homem. Quando o pênis não dá conta de manter uma ereção até a conclusão da atividade sexual, ou lhe falta o enrijecimento suficiente para a penetração. Mas repetimos que isso é um problema quando faz parte da rotina sexual do homem, quando é recorrente!

Como tratar a impotência sexual masculina

Causas e soluções para a impotência sexual

A discussão sobre as causas ainda é controversa. Para homens mais jovens é apontado que 90% dos casos de impotência são emocionais. Para homens mais velhos, acima de 50 anos é comprovado que a causa é orgânica, fisiológica mesmo.

Os aspectos psicológicos que confluem para a impotência são estes:

  • Ansiedade e depressão.
  • Falta de atração pela parceira.
  • Problemas conjugais.
  • O temor e a pressão de não conseguir praticar o ato sexual satisfatoriamente.
  • Repressão sexual e culpa.

Os aspectos orgânicos podem ser:

  • Baixa no nível de testosterona.
  • Excesso de prolactina.
  • Uso de medicamentos para hipertensão.
  • Diabete melito.
  • Problema vascular peniano.

O tratamento é feito conjugando os fatores orgânicos e psicológicos da impotência. Primeiro é feito o diagnóstico de alguma causa orgânica, e se esta é encontrada, o seu tratamento é feito com uso de medicamentos. Mas se, no entanto, nenhum problema fisiológico é encontrado, passa-se para o tratamento psicológico da terapia cognitiva-comportamental, a mesma utilizada em casos de ejaculação precoce. Certas tarefas são prescritas para serem realizadas na intimidade sexual do casal. Depois da onda do Viagra, muitos homens se auto-medicam para tratar a impotência e muitos jovens fazem uso de medicamentos para aumentar a potência que, no entanto, não é baixa! Isso é extremamente perigoso, pois pode alterar a pressão arterial provocando infartos, ou mesmo deixar o pênis ereto por muitas e muitas horas, o que é perigoso e indesejável. Antes de tudo, procure seu médico  e converse francamente com ele caso esteja sofrendo de impotência.

Assista o vídeo!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)